plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 27°
cotação atual R$


home
POLÍCIA

Suspeito de matar prefeito de Tucuruí e empresário é preso

Um dos suspeitos de envolvimento na morte do empresário Albenor Moura, assassinado em agosto deste ano, em Itaituba, foi preso na noite desta segunda-feira (13), no município de Porto de Moz, no oeste paraense. Carlos Alberto de Souza, conhecido como "Toc

twitter Google News

Um dos suspeitos de envolvimento na morte do empresário Albenor Moura, assassinado em agosto deste ano, em Itaituba, foi preso na noite desta segunda-feira (13), no município de Porto de Moz, no oeste paraense. Carlos Alberto de Souza, conhecido como "Toco", é suspeito ainda de participar do assassinato de Jones William, prefeito de Tucuruí, ocorrido um mês antes.

Carlos Alberto foi encontrado em uma casa, após policiais da cidade receberem denúncias sobre o paradeiro dele. Ele estava sozinho em casa quando os policiais chegaram a cumpriram o mandado de prisão expedido pela morte do empresário.

Ele é apontado como o condutor da moto que levou o executor, Bruno Venâncio, até o posto de gasolina onde Albenor foi executado. O empresário havia sido julgo ainda neste ano pelo assassinato do advogado Raimundo Messias, conhecido como "Dinho".

Ainda existe a suspeita de Carlos ter sido o piloto de Bruno também na execução do prefeito de Turucuí, ocorrida um mês antes.

Bruno Marcos foi preso em setembro deste ano, no aeroporto de Belém, enquanto tentava deixar a cidade utilizando um documento falso. Ele é apontado como o responsável por pelo menos 20 assassinatos, os quais cometia desde os 16 anos.

Preso, Carlos Alberto deverá ser encaminhado para Itaituba nos próximos dias, para responder pelo crime. Sobre a suspeita de envolvimento dele na morte de Jones William, a Polícia Civil se limitou a dizer que não há qualquer mandado de prisão decretado pela Justiça contra o preso por participação no crime.

(DOL)

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Polícia

    Leia mais notícias de Polícia. Clique aqui!

    Últimas Notícias