Diário Online
Notícias / Política
NOVO ATAQUE

Bolsonaro questiona a eficácia da vacina e cobra Anvisa 

O Presidente diz que a aplicação de vacina em crianças é uma “incógnita” e cobrou a agência sobre o “antídoto” para possíveis efeitos colaterais.

quarta-feira, 12/01/2022, 14:09 - Atualizado em 12/01/2022, 17:43 - Autor: ( com informações do Metrópoles )


Imagem ilustrativa da notícia: Bolsonaro questiona a eficácia da vacina e cobra Anvisa 
| Ag. Brasil

Como de costume, o Presidente Bolsonaro voltou a questionar a eficácia das vacinas contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, em crianças de 5 a 11 anos.  

Nesta quarta-feira (12), em entrevista concedida a Gazeta Brasil, em mais um episódio de embate com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o presidente disse que a aplicação do medicamento em crianças é uma “incógnita” e cobrou a agência sobre o “antídoto” para possíveis efeitos colaterais.  Especialistas e empresas apresentam estudos que apontam riscos mínimos na vacinação para crianças.

“A Anvisa não disse qual o antídoto para possíveis efeitos colaterais”, declarou o mandatário ainda. “É uma incógnita muito grande ainda isso tudo que está acontecendo no Brasil’, questionou.

Leia também:

Bolsonaro diz desconhecer morte de criança por Covid

Especialistas afirmam que os benefícios da aplicação do imunizante em crianças, que já foram aplicadas em diversos países do mundo, superam os riscos. Segundo a equipe técnica da Anvisa, as informações avaliadas indicam que a vacina da Pfizer é segura e eficaz para o público infantil.

Segundo dados dos cartórios de Registro Civil, coletados em março de 2020, o Brasil registrou 324 mortes de crianças entre 5 e 11 anos em decorrência do coronavírus, desdo o início da pandemia.

A Faixa etária das crianças mais afetadas foi a de 5 anos, com 65 mortes registradas. Em seguida, consta a idade de 6 anos, na qual houve 47 casos notificados; já em terceiro lugar, há um empate na quantidade de óbitos registrados em meninos e meninas com 7 e 11 anos, ambas as idades com 46 ocorrências. Crianças de 10 anos totalizaram 43 óbitos; as de 9, 40; e as de 8, 37 mortes.

 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS