plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 24°
cotação atual R$


home
NEGACIONISTA

Relembre 15 momentos do desprezo de Bolsonaro pela pandemia

Como presidente, Jair Bolsonaro propagou discurso negacionista e usou palavras "histeria" e "fantasia" para classificar a reação da população e da imprensa em relação à pandemia

Imagem ilustrativa da notícia Relembre 15 momentos do desprezo de Bolsonaro pela pandemia camera O ex-presidente Jair Bolsonaro e suas falas durante mandato | Joédson Alves/Agência Brasil

Desde o início de 2020, quando o coronavírus começava a se espalhar pelo mundo, Jair Bolsonaro deu uma série de declarações nas quais sempre buscava minimizar os impactos da pandemia da Covid-19. Como presidente, ele propagou discurso negacionista e usou palavras "histeria" e "fantasia para classificar a reação da população e da imprensa à pandemia.

Bolsonaro também distribuiu remédios ineficazes contra a doença, incentivou aglomerações, atuou contra a compra de vacinas, espalhou informações falsas sobre a Covid-19 e fez campanhas de desobediência a medidas de proteção, como o uso de máscaras.

OPERAÇÃO VENIRE

Nesta quarta-feira (3), a Polícia Federal cumpre mandado de busca e apreensão em endereço do ex-presidente e um de prisão contra seu ex-assessores Mauro Cid e Max Guilherme.

Outro alvo de mandado de prisão é Sergio Cordeiro, que atuava na equipe de segurança de Bolsonaro.

As medidas são no âmbito de uma investigação, diz a PF, sobre uma suposta "associação criminosa constituída para a prática dos crimes de inserção de dados falsos de vacinação contra a Covid-19 nos sistemas SI-PNI e RNDS do Ministério da Saúde."

Relembre, a seguir, 15 frases de Bolsonaro sobre a pandemia:

1) É MUITO MAIS FANTASIA (10.MAR.2020)

"Durante o ano que se passou, obviamente, temos momentos de crise. Muito do que tem ali é muito mais fantasia, a questão do coronavírus, que não é isso tudo que a grande mídia propaga. Alguns da imprensa conseguiram fazer de uma crise a queda do preço do petróleo."

* Durante evento em hotel no centro de Miami

2) MAS SEM HISTERIA (15.MAR)

"Porque não vai, no meu entender, conter a expansão desta forma muito rígida. Devemos tomar providências porque pode, sim, transformar em uma questão bastante grave a questão do vírus no Brasil, mas sem histeria."

* Em entrevista à CNN Brasil

3) NÃO É TUDO ISSO QUE DIZEM (16.MAR)

"Foi surpreendente o que aconteceu na rua. Até com esse superdimensionamento. Tudo bem que vai ter problema. Vai ter. Quem é idoso e está com problema ou deficiência. Mas não é isso tudo que dizem. Até que na China já está praticamente acabando."

* Um dia depois dos protestos, em entrevista em frente ao Palácio da Alvorada

4) GRIPEZINHA (20.MAR)

"Depois da facada, não vai ser uma gripezinha que vai me derrubar, não. Se o médico ou o ministro me recomendar um novo exame, eu farei. Caso contrário, me comportarei como qualquer um de vocês aqui presentes."

* Durante entrevista à imprensa

5) HISTÓRICO DE ATLETA (24.MAR)

"Pelo meu histórico de atleta, caso fosse contaminado pelo vírus, não precisaria me preocupar, nada sentiria ou seria acometido, quando muito, de uma gripezinha ou resfriadinho, como bem disse aquele conhecido médico, daquela conhecida televisão."

* Durante pronunciamento para rádio e televisão

6) COISA DE COVARDE (25.MAR)

"É mais fácil fazer demagogia diante de uma população assustada, do que falar a verdade. Isso custa popularidade. Não estou preocupado com isso! Aproveitar-se do medo das pessoas para fazer politicagem num momento como esse é coisa de COVARDE! A demagogia acelera o caos."

* Pelo Twitter

7) BRASILEIRO NÃO PEGA NADA (26.MAR)

"Eu acho que não vai chegar a esse ponto [do número de casos confirmados nos Estados Unidos]. Até porque o brasileiro tem que ser estudado. Ele não pega nada. Você vê o cara pulando em esgoto ali. Ele sai, mergulha e não acontece nada com ele."

* Durante entrevista em frente ao Palácio da Alvorada

8) COVEIRO (20.ABR)

"Eu não sou coveiro."

* Questionado pela Folha de S.Paulo a respeito das mortes da quantidade de mortes que seria aceitáveis para defendermedidas desaconselhadas por órgãos de saúde

9) E DAÍ? (28.ABR)

"E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre."

* Quando questionado sobre novo recorde de mortes registradas em 24 horas, com 474 óbitos, ultrapassando a China no número total de óbitos pelo novo coronavírus

10) TOMA TUBAÍNA (19.MAI)

"Toma quem quiser, quem não quiser, não toma. Quem é de direita toma cloroquina. Quem é de esquerda toma Tubaína."

* Em entrevista ao vivo na internet, sobre o medicamento

11) QUASE COMO UMA CHUVA (07.JUL)

"Esse vírus é quase como uma chuva, vai atingir você", acrescentou Bolsonaro. Alguns tem que tomar um maior cuidado com esse fenômeno. Acontece, infelizmente acontece."

* Em entrevista à CNN Brasil, Record e TV Brasil, confirmando ter contraído o novo coronavírus

12) PAÍS DE MARICAS (10.NOV)

"Tudo agora é pandemia. Tem que acabar com esse negócio. Lamento os mortos, todos nós vamos morrer um dia. Não adianta fugir disso, fugir da realidade, tem que deixar de ser um país de maricas."

* Ao defender medidas menos drásticas de isolamento social em evento para lançar políticas para impulsionar o turismo no Brasil

13) CHEGA DE MIMIMI" (04.MAR.21)

"Nós temos que enfrentar os nossos problemas, chega de frescura e de mimimi. Vão ficar chorando até quando? Temos de enfrentar os problemas. Respeitar, obviamente, os mais idosos, aqueles que têm doenças, comorbidades, mas onde vai parar o Brasil se nós pararmos?"

* Durante inauguração de um trecho da ferrovia Norte-Sul, em São Simão (GO).

14) VACINA NA CASA DA SUA MÃE (04.MAR.21)

"Tem idiota que a gente vê nas mídias sociais, na imprensa, né?... Vai comprar vacina. Só se for na casa da sua mãe".

* Durante conversa com apoiadores, na cidade de Uberlândia (MG)

15) IDIOTAS QUE FICAM EM CASA (17.FEV.21)

"O agro realmente não parou. Tem uns idiotas aí, o 'fique em casa'. Tem alguns idiotas que até hoje ficam em casa. Se o campo tivesse ficado em casa, esse cara tinha morrido de fome, esse idiota tinha morrido de fome. Daí, ficam reclamando de tudo"

* Durante conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Política

Leia mais notícias de Política. Clique aqui!

Últimas Notícias