Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
Notícias / Santarém
CONFUSÃO FATAL

Cão é espancado por ter matado papagaio do agressor no Pará

"Duque", como é conhecido o cachorro, segundo apurou os agentes, foi espancado pelo dono depois que comeu um papagaio do agressor. O animal foi resgatado e levado para a sede da Secretaria de Meio Ambiente.

terça-feira, 29/06/2021, 09:28 - Atualizado em 29/06/2021, 09:28 - Autor: Com informações de O Estado Net


No local, o animal estava bastante debilitado, com aparência de que não se alimentava direito.
No local, o animal estava bastante debilitado, com aparência de que não se alimentava direito. | Reprodução

Fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas), com o apoio de policiais da 1ª Companhia Independente de Polícia Ambiental (1ª CIPAMB), e representante da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção de Santarém, resgataram um cachorro vítima de maus-tratos na localidade conhecida como "Beco Marçara", na comunidade do Tabocal, no KM 23 da BR-163, em Santarém, no oeste do Pará.

No local, o animal estava bastante debilitado, com aparência de que não se alimentava direito. Foi um vídeo divulgado nas redes sociais de um homem espancando o cão que despertou a atenção dos órgãos de proteção animal. 

"Duque", como é conhecido o cachorro, segundo apurou os agentes, foi espancado pelo dono depois que comeu um papagaio do agressor. O animal foi resgatado e levado para a sede da Secretaria de Meio Ambiente. 

Segundo a presidente da Comissão de Proteção e Defesa dos Animais da OAB, a advogada Juliana Martins, nesta terça-feira (29), ‘Duque’ será encaminhado para uma clínica veterinária para receber cuidados médico e depois será colocado para adoção.

O sargento Fábio Batista, da 1ª CIPAMB, que acompanhou toda a ação, disse que quando a polícia ambiental chegou ao local, o acusado de agredir o animal fugiu pelos fundos da residência e se escondeu na mata.

Apesar das buscas feitos nos arredores, ele não foi localizado, mas será indiciado por crimes de maus-tratos de animais.

De janeiro a maio deste ano, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), registrou 92 casos de maus-tratos a animais no município, números que aumentam diariamente.

A lei 9.605 de 98, prevê detenção de dois a cinco anos de prisão, e o decreto 6514/2008, estipula multa de R$ 500 a R$ 3 mil reais por animal, pra quem abandona e maltrata animais.

As denúncias de maus-tratos podem ser feitas através dos números 190 (Polícia Militar) e (93) 99209-4670 (Semma).

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS