Diário Online
Notícias / Te Cuida
BEM-ESTAR

Dormir mal engorda ou emagrece? Veja como o sono influencia!

Investir em uma noite bem dormida pode garantir a qualidade e bem-estar do dia seguinte

sábado, 22/05/2021, 08:50 - Atualizado em 22/05/2021, 08:49 - Autor: Portal Metrópoles


O individuo que não descansa o suficiente tem elevação na produção de hormônios que dificultam no emagrecimento
O individuo que não descansa o suficiente tem elevação na produção de hormônios que dificultam no emagrecimento | Reprodução/Freepik

Um dos hábitos mais importantes para quem deseja ganhar massa muscular ou emagrecer é o de investir em uma noite bem dormida, pois essa prática pode influenciar no seu desenvolvimento no dia seguinte e ainda garantir qualidade e bem-estar para a sua saúde.

O costume de dormir menos de seis hora por dia  ou ter um sono de má qualidade pode aumentar a produção de hormônios que aumentam o apetite (como a grelina) e também diminui os hormônios da saciedade, caso da leptina.

Isso acontece quando a desregulação desses hormônios tem como resultado o excesso de fome no dia seguinte. Ainda que o indivíduo se alimente bem, é possível que sinta uma sensação de “buraco no estômago”, e vontade de beliscar o dia inteiro. Outro mecanismo que pode ocorrer é a busca por receitas mais calóricas.

Organismo fica desajustado

O individuo que não descansa o suficiente, tem uma elevação na produção de insulina e glicemia, o que dificulta o emagrecimento e favorece o ganho de peso e o acúmulo de gordura.

O cortisol, conhecido como hormônio do estresse, também tem seus marcadores alterados nesse contexto, juntamente a citocinas inflamatórias. Ou seja: o prejuízo na saúde é certo.

Por fim, a disposição e a energia também ficam baixas. Dificilmente a pessoa irá conseguir se exercitar ou ter um dia produtivo, resultando em um baixo gasto calórico com uma alta ingestão de alimentos.

E como resolver?

A solução para escapar desse problema é ter uma rotina saudável, na qual seja possível dormir mais que sete horas por noite, fazer atividades físicas pela manhã, evitar ingestão de bebidas estimulantes após as 17h (a exemplo de café, chás e pré-treinos), adaptar o celular em modo de luz noturna e não consumir alimentos pesados próximo à hora de dormir.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS