plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 33°
cotação atual R$


home
MAIS PROTESTOS

Av. Almirante Barroso segue interditada por servidores

Manifestantes voltaram a interditar a Avenida Almirante Barroso, em Belém nesta quinta-feira (4).

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Av. Almirante Barroso segue interditada por servidores camera Trecho da avenida continua bloqueado nesta quinta (4) | Reprodução

Desde o fim do mês de março, servidores públicos de Belém têm ido às ruas protestar por reinvindicações como o aumento salarial. Na última quarta-feira (3), os trabalhadores ocuparam o prédio da Secretaria Municipal de Administração, na avenida Almirante Barroso.

Nesta quinta-feira (4), os protestos continuavam. Alguns servidores passaram a noite ocupando o prédio. Na avenida Almirante Barroso a pista no sentido São Brás-Entrocamento continua interditada no trecho em frente ao prédio da Semad.

CONTEÚDOS RELACIONADOS:

Nas redes sociais, muitas pessoas reclamaram do congestionamento: "Almirante Barroso tá um NOJO, um caos!", disse uma internauta. "De novo protesto na Almirante Barroso", disse outra.

BOLETIM DE OCORRÊNCIA

A prefeitura de Belém informou que foi registrado um Boletim de Ocorrência sobre a ocupação. No BO, o diretor-administrativo da Semad, Márcio Alessandro Farias Gomes, denuncia a invasão dos servidores que, após ocupar o prédio, trancaram com correntes os portões de entrada e saída e fizeram barreira humana para cercear a movimentação no local.

Márcio Farias ressaltou no BO o fato de que cerca de 30 pessoas, dentro do prédio, foram impedidas de sair do local.

A Procuradoria Geral do Município já entrou com ação de reintegração de posse.

PREFEITURA DE BELÉM EMITE NOTA

Na última quarta-feira (3), o protesto ganhou mais força com a adesão dos técnico-administrativos da UFPA, Ufra e IFPA, bem como dos trabalhadores do INSS e do INCRA, que também entraram em greve.

Ainda na tarde de ontem vereadores da Câmara Municipal de Belém tentaram negociar com a Prefeitura as reivindicações dos servidores para que pudessem liberar os dois lados da avenida.

Em nota, a Prefeitura de Belém repudiou o movimento dos trabalhadores e disse que os manifestantes teriam depredado o patrimônio público. Leia na íntegra:

"Na atual campanha salarial, a Prefeitura de Belém tem negociado até o limite das suas possibilidades orçamentárias, por isso manifesta absoluto repúdio à ação de um grupo de servidores que nesta quarta-feira invadiu o prédio da Secretaria Municipal de Administração, depredou o patrimônio público e mantém servidores e a secretária municipal de administração, Jurandir Novaes, em cárcere privado no prédio.

A Prefeitura reafirma que nenhum serviço público municipal está paralisado e segue mantendo a normalidade dos serviços.

Todas as medidas administrativas e jurídicas necessárias serão tomadas para que as ações da Semad voltem à normalidade".

VEJA O TRÂNSITO EM TEMPO REAL:

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Trânsito

    Leia mais notícias de Trânsito. Clique aqui!

    Últimas Notícias