Diário Online
Tuédoidé? / Curiosidades
NÉCTAR DOS DEUSES

Estudo revela que cerveja não engorda e faz bem ao intestino

De acordo com pesquisadores portugueses, a cerveja traz inúmeros benefícios ao corpo humano. Veja quais!

segunda-feira, 04/07/2022, 12:10 - Atualizado em 04/07/2022, 12:09 - Autor: Com informações da CNN Portugal

Google News

Beber cerveja engorda ou faz mal para a saúde? Veja o que dizem os pesquisadores!
Beber cerveja engorda ou faz mal para a saúde? Veja o que dizem os pesquisadores! | Reprodução

A cerveja é uma das bebidas alcoólicas mais consumidas no Brasil. Não à toa, já que uma boa taça de uma "gelada" vai bem no calorão que boa parte do país passa durante o ano. No entanto, algumas pessoas mais preocupadas com a saúde dizem que evitam beber cerveja para não engordar ou para não ter problemas de saúde.

O resultado de uma pesquisa conduzida por cientistas do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (Cintesis), na cidade do Porto, em Portugal, promete quebrar esse paradigma.

Veja também:

Teste revela sua pior personalidade; faça agora mesmo!

Fetiches e fantasias: veja quais signos combinam no sexo

Os pesquisadores concluíram que beber cerveja faz bem à microbiota intestinal, o que também influencia na prevenção de doenças crónicas como a obesidade, diabetes e distúrbios cardiovasculares.

No decorrer da pesquisa, os cientistas recrutaram homens saudáveis, com idades que variavam entre 23 e 58 anos, para participarem do ensaio ao longo de quatro semanas. Eles precisariam beber diariamente 330 ml de cerveja, com ou sem álcool. 

Os resultados provaram que o consumo de cerveja, bebida que resulta da fermentação de cereais, "aumenta a diversidade da microbiota intestinal, sem aumentar o peso e a massa gorda". Ao mesmo tempo, os pesquisadores concluíram que a ingestão desta bebida "não interfere significativamente em biomarcadores cardiometabólicos", como a glicose, colesterol e triglicéridos.

"Curiosamente, a fosfatase alcalina, um importante biomarcador de danos no fígado, rins e ossos, diminuiu no decurso do ensaio", salienta o Cintesis, acrescentando que o benefício da cerveja na saúde intestinal "provou ser independente do teor alcoólico", ou seja, se a cerveja tenha álcool ou não.

Os pesquisadores acreditam que o efeito benéfico da cerveja possa estar ligado com os polifenóis presentes na bebida, à semelhança do que acontece com o vinho tinto. 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS