plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 29°
cotação atual R$


home
A BUSCA PELO SHAPE!

Por que as academias ficam mais lotadas no começo do ano?

As diversas academias espalhadas pela cidade parecem não ser suficientes para a grande quantidade de público a cada novo começo de ano. Mas você sabe o que pode estar por trás dessas mudanças repentinas em certos períodos? Confira a explicação de um especialista!

Imagem ilustrativa da notícia Por que as academias ficam mais lotadas no começo do ano? camera O "fenômeno" tem explicações culturais e, até mesmo, mentais. Confira! | (Arquivo Pessoal)

"Ano novo, vida nova", certamente você já se deparou com essa frase clichê por aí; muitas pessoas podem usá-la para se referir a diversos novos hábitos que buscam ser alcançados no novo ano que se inicia.

Uma vida mais saudável, fitness, ou um condicionamento físico melhor, estão entre as metas mais comuns estabelecidas no começo de um novo ciclo. Quem pratica exercícios com frequência, consegue perceber as alterações de público dentro desses locais, e um crescimento repentino maior no começo de cada ano.

Conteúdos relacionados:

Elba Amaral, que treina há 15 anos, ressalta que nota o aumento do fluxo de pessoas nessa época do ano. "Eu percebo esse aumento, o meu treino fica bem mais demorado por ter mais alunos usando os aparelhos da academia", afirma ela, que também ressalta que a quantidade vai dimiuindo gradativamente ao longo dos meses.

Quer ver mais notícias de curiosidades? Acesse nosso canal no WhatsApp.

Victor Rocha, personal trainer que atua na área há cerca de três anos, explica as possíveis causas, baseadas em estudos, por trás desse comportamento coletivo, associado à mudanças de hábito. "As pessoas associam o começo do ano com mudanças de hábito, então, automaticamente, um dos principais pontos é a mudança do estilo de vida, do corpo, do aumento da autoestima, entre outras associações", explica.

Victor Rocha atua como personal trainer em Belém há cerca de três anos
📷 Victor Rocha atua como personal trainer em Belém há cerca de três anos |(Arquivo Pessoal)

Ele também revela o motivo das academias estarem na linha de frente dessas mudanças. "As academias, se tornaram mais acessíveis e disponíveis nos últimos anos, no sentido de proximidade. Então, quando uma pessoa resolve mudar o seu estilo de vida, a academia, por estar mais próxima, acaba sendo a opção mais prática e fácil. Isso, obviamente, gera um 'inchaço' nas academias no começo do ano. A mudança de hábito no estilo de vida vai estar diretamente ligada à academia por ser de fácil acesso, mais cômodo e mais acessível".

Segundo Victor Rocha, a academia acaba sendo democrática, em partes, por proporcionar o benefício de poder fazer atividades que vão trazer resultados ao mesmo tempo que gera conforto.

Monique Rodrigues, que frequenta a academia há dez anos, percebe a alteração de público conforme as épocas do ano. "Eu consegui perceber essa diferença, normalmente, no início do ano. Mês de janeiro, antes do carnaval, início de fevereiro, as pessoas se matriculam na academia e aumenta o nível de alunos. É uma diferença bem notável por todos os alunos que já têm o hábito de frequentar constantemente. Inclusive, isso gera a reclamação de algumas pessoas em janeiro, junho... Essas datas em que o local fica mais lotado".

Essa questão pode ser bem mais sistemática do que imaginamos. Victor Rocha explica por que esse fluxo acaba sendo volátil e inscontante ao longo do ano, em datas e períodos muito específicos. "É um sistema ondulatório, porque nosso calendário aqui no Brasil é cheio de festas e feriados, então, perto das férias de julho, por exemplo, as academias estão muito cheias, porque todo mundo quer estar bem no 'shape' para o verão, depois esvazia. Já perto do Natal e Ano Novo, as academias ficam cheias de novo, porque as pessoas querem preparar o corpo para essas datas, depois esvazia novamente, e enche de novo no pré-carnaval. Isso tudo gera um sistema de sobe e desce da quantidade de público".

Esse aumento momentâneo do público não significa que seja positivo, pois acaba sendo resultado de um impulso coletivo. "Isso está muito ligado também ao mental e cultural da nossa sociedade, que é imediatista. A gente tem a sensação e o costume de superestimar o que podemos fazer a curto prazo. Então, a pessoa, no final de ano, faz muitas metas. 'Ano que vem vou começar a academia, ano que vem eu vou começar a ler, vou estudar, vou me alimentar bem", e assim ela superestima e tenta alcançar um resultado do dia para a noite. Ao mesmo tempo, essa pessoa subestima o que pode fazer a longo prazo. Então, ela acha que se não conseguir o resultado imediato em um ou dois meses, também não vai gerar resultado no futuro. Por esse motivo, a pessoa não consegue manter a frequência para alcançar os resultados daqui a seis, oito meses, um ano, dois anos".

O personal também revela que outro fator da atualidade possa estar por trás desse "fenômeno". "Esse imediatismo vem crescendo muito por conta da globalização das redes sociais. Estamos sempre ligados a conteúdos muito rápidos, temos acesso a muitas coisas e informações de forma muito imediata. Quando as pessoas se deparam com a realidade, que a academia só vai começar a gerar resultados com um frequência de, no mínimo, um ano, por exemplo, elas acabam se frustrando e abandonando a meta. Então gera sse efeito sanfona: a pessoa entra, não tem resultado imediato e sai".

No final das contas, na intensa corrida contra - ou a favor - do tempo, a instabilidade pode se tornar o grande inimigo do que se espera alcançar. Por outro lado, a constância e o foco podem se tornar grandes aliados na construção de um novo estilo de vida. Independente da époica do ano, nunca é tarde para começar novos hábitos!

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Curiosidades

Leia mais notícias de Curiosidades. Clique aqui!

Últimas Notícias