LEMBRA DELA?

 “Luiza do Canadá” é dentista e atua na linha de frente contra Covid-19

Jovem voltou ao Brasil e dispensa a fama, além de se sentir realizada profissionalmente.

sexta-feira, 19/03/2021, 06:59 - Atualizado em 19/03/2021, 08:16 - Autor: Com informações do R7


 “Luiza do Canadá” já tomou uma dose da vacina contra a Covid-19.
“Luiza do Canadá” já tomou uma dose da vacina contra a Covid-19. | Reprodução

Quem lembra da Luiza que estava no Canadá? Faz quase 10 anos que Luiza Rabello teve uma reviravolta na sua vida. Aos 17 anos, a jovem fazia intercâmbio no Canadá e virou um dos assuntos mais comentados no Brasil por conta estrelar uma propaganda que sequer participou. Como assim? No comercial, o pai de Luiza anunciava o lançamento de um imóvel na região da Paraíba, João Pessoa, e, ao final da mensagem, citava a filha que estava no exterior.

"E é por isso que fiz questão de reunir minha família, menos a Luiza, que está no Canadá, para recomendar este empreendimento". A frase foi o suficiente para que a virar meme nas redes sociais e se tornasse a "Luiza do Canadá".

"Eu sempre brinco e digo a todo mundo que nunca vou deixar de ser Luiza do Canadá. As pessoas podem até esquecer, mas quando me veem ou então lembram, reconhecem, falam e perguntam: 'É você a Luiza do Canadá?'. Isso eu carrego comigo. Sempre vou ser (risos)", relata Luiza, atualmente com 26 anos.

A fama repentina, não fez ela desistir de trilhar o caminho na profissão da mãe, do avô materno e dos tios, e se formou em odontologia. "Eu venho nesse mundo há muitos anos, nem sabia que queria isso e hoje é onde eu verdadeiramente me realizo", diz ela.

Luiza trabalha atualmente no SUS e tem o próprio consultório. Com a pandemia da covid-19, ela está atuando na linha de frente do combate à doença em João Pessoa.

"A pandemia impactou fortemente acho que para todo mundo. Na minha vida profissional, por eu trabalhar em um posto de saúde, estou lidando diretamente com a covid. Aqui, a gente faz teste rápido e a odontologia ficou responsável por ajudar nas triagens dos pacientes sintomáticos. Então, meu dia a dia é todo sobre covid", relata a dentista, que faz especialização de odontopediatria. "No consultório particular, a gente também tem que tomar todos os cuidados, com criança tem que ser redobrado", completa.

A jovem já recebeu a primeira dose da CoronaVac, por ser do grupo prioritário dos profissionais da saúde, e aproveita para fazer o alerta.

"Peguei covid, é bom dizer isso para as pessoas saberem que só uma dose não é imunização e tem que tomar todos os cuidados. Infelizmente, por estar aqui no dia a dia, acabei pegando, mas graças a Deus já estou bem, todo mundo da minha família está bem, cumpri isolamento e agora é esperar 30 dias para tomar a segunda dose."

A pandemia fez Luiza adiar o sonho do casamento, que já foi remarcado três vezes. Ela e o noivo, David.

"Agora, vou esperar a situação melhorar e a grande massa da população estar vacinada para poder marcar uma data. Já foram três vezes e não adianta marcar, a gente tem que viver um dia de cada vez", avalia Luiza, que desde criança tem vontade de se casar e formar uma família.


Lembranças do dia em que virou meme 

"O que eu mais me lembro foi a forma como fiquei sabendo. Eu estava na escola e descobri como todo mundo, pela internet. Fiquei muito assustada no começo, não estava entendendo e depois painho foi me acalmando", fala Luiza.

Na ocasião, a dentista  relembra que precisou embarcar para o Brasil às pressas, tamanha repercussão que a "fama" alcançou. "Eu tive que voltar antes do tempo, mas não muito antes do previsto, meu intercâmbio já estava acabando. Eu voltei em torno de 1 mês, 1 mês e meio antes do prazo e não tive muito o que decidir", relata.

"Na época, eu só tinha 17 anos e meus pais tomaram essa decisão, porque estava começando a tomar uma proporção maior que o esperado. A minha ‘host family’ tinha um acordo com a empresa de que não poderia ter a privacidade invadida e algumas emissoras estavam querendo ir lá, poderia quebrar o contrato do intercâmbio e meus pais decidiram que eu ia voltar. Foi tudo muito rápido, eles decidiram numa quinta-feira e numa terça eu já estava de volta ao Brasil", completa.


Além do "susto" da fama imediata e da procura por entrevistas, participações em programas de televisão e rádio, comentários em todas as redes sociais, Luiza teve de lidar com a exposição no auge da adolescência e, consequentemente, o bullying. Segundo ela, a família soube administrar a situação.

"Obviamente que em menores proporções, mas sempre teve essa questão da exposição, porque meu pai é uma figura pública aqui na minha cidade, João Pessoa, então, meio que todo mundo já sabia quem eu era. A nível Brasil, eu acho que meu pai conseguiu conduzir de uma forma muito positiva, que acabou não invadindo tanto assim... Naquela época nem existia muito o que tem hoje, de cancelamento, então, foi muito tranquilo. Óbvio que sofri um pouquinho de bullying, principalmente no começo, mas depois a gente conseguiu contornar e fazer piadas com isso, nós mesmos."

Rotina nas redes sociais

Apesar de ainda ser reconhecida e lembrada por muitos, Luiza não possui um número grande de seguidores no Instagram. Atualmente são mais de 6,7 mil.


As publicações nas redes sociais são como um hobby para ela.

"Eu adoro dividir minha rotina no Instagram (risos). Mas, levo como uma brincadeira, distração. Não sei se sou influenciadora, mas eu adoro brincar de ser (risos)", diverte-se.

Com a experiência de um dia ter virado meme e em grande parte, ter  colhido apenas bons frutos dessa repercussão, Luiza dá um conselho para quem viralizou na web recentemente ou pode vir a ganhar essa fama repentina: "Tenha paciência, procure se aliar a pessoas que você confia para conduzir esse momento de fama de uma melhor forma possível. Não se venda por qualquer coisa e faça tudo com muita integridade, dignidade, porque uma coisa que ninguém pode tirar de nós é nossa imagem, nosso caminho, nosso caráter. E aproveite da melhor forma esses minutos de fama. E se você quiser continuar essa fama, saiba conduzir de uma forma para se manter".

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS