DOL Carajás
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
VEJA OS LOCAIS

Marabá segue com vacinação itinerante contra Covid-19

A princípio estão sendo aplicadas apenas a 1ª e 2ª dose doses de Coronavac e Astrazeneca

terça-feira, 23/11/2021, 09:03 - Atualizado em 23/11/2021, 10:44 - Autor: Com Informações PMM


A vacinação continua nas Unidades Básicas de Saúde da zona urbana, a partir desta quarta (24)
A vacinação continua nas Unidades Básicas de Saúde da zona urbana, a partir desta quarta (24) | Reprodução

A vacinação contra Covid-19 continua de terça-feira (23) a sexta-feira (26), de forma itinerante, em Marabá, no sudeste do Estado. A princípio com aplicação da 1ª e 2ª doses de Coronavac e Astrazeneca, sempre de 8 às 17 horas.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a vacina da fabricante Pfizer inicialmente não estará disponível. Portanto, nos primeiros dias não haverá aplicação da 3ª dose. O órgão aguarda o envio das doses do imunizante.

Vacinação Itinerante

Na terça-feira, 23, Folha 01, em frente ao Comercial Tocantins, núcleo Nova Marabá.

Na quarta-feira, 24, Folha 28, em frente ao Comercial Frota.

Na quinta-feira, 25, bairro Bom Planalto em frente ao Comercial Neto, núcleo Cidade Nova.

Na sexta-feira, 26, bairro Jardim União, em frente ao Comercial Laranjão.

Postos de Saúde

Lembrando que a vacinação continua nas Unidades Básicas de Saúde da zona urbana. Dessa vez, a vacinação será de quarta a sexta-feira (24 a 26 de novembro). Todos os pontos funcionarão das 8h às 17 horas. Para receber a vacina, a pessoa precisa apresentar RG, Cartão SUS, Carteira de Vacinação e a declaração que consta no site da prefeitura.

Público-Alvo

1ª dose

A primeira dose é aplicada em pessoas acima de 12 anos, incluindo todas os grupos chamados em etapas anteriores, entre eles as grávidas e puérperas (precisam apresentar atestado médico). Documentos necessários são RG, CPF, comprovante de residência, cartão sus e declaração. Pessoas entre 12 a 17 anos precisam estar acompanhadas de um responsável legal.

2ª dose

Pessoas com a 2ª dose atrasada devem procurar os locais de vacinação para completar o ciclo vacinal e garantir a imunização. Quem tiver 8 semanas completos da 1ª dose de pfizer e astrazeneca podem antecipar a 2ª dose. Para esse público basta apresentar cartão SUS, CPF, carteira de vacinação e declaração.

VEJA TAMBÉM:

PF deflagra operação contra crimes em Terras Indígenas

Vale-gás já está em vigor: saiba se tem direito ao auxílio!

Vídeo: Motorista salva criança de veículo que foi esmagado

Viajantes Internacionais

Além disso, pessoas que vão viajar para destinos internacionais poderão antecipar a 2ª dose dos imunizantes, sendo preciso intervalo mínimo de 21 dias da 1ª dose de Pfizer e 28 dias da 1ª dose da Astrazeneca. Os viajantes internacionais, que tomaram as duas doses de Coronavac, poderão receber a terceira dose de outro imunizante, desde que tenham intervalo mínimo de 28 dias da 2ª dose. Lembrando que é necessário apresentar comprovação da viagem internacional. As orientações podem ser estendidas a outros familiares (pai, mãe, filhos e cônjuges) sendo comprovada a viagem ao exterior.

3ª dose

Tomam 3ª dose todas as pessoas acima de 18 anos que tenham 5 meses completos da 2ª dose do imunizante. Outra categoria que recebe a dose de reforço são os imunossuprimidos, desde que estejam com 28 dias completos da 2ª dose, que deve apresentar também atestado ou laudo médico especificando o motivo da vacinação.

São considerados imunossuprimidos, pessoas com o sistema imune deficiente seja por um doença congênita ou outras condições, a exemplo de pacientes em tratamento oncológico, em hemodiálise, transplantados, com HIV/AIDS e ainda pacientes com imunodeficiência primária grave e pessoas que fazem uso dos seguintes medicamentos: Metotrexato, Leflunomida, Micofenolato de mofetila, Azatripina, Ciclofosfamida, Ciclosporina, Tacrolimus, Mercaptopurina, Infliximabe, Etanercept, Humira, Adalimumabe, Tocilizumabe, Canakinumabe, Golimumabe, Certolizumabe e Abatacepte.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)