DOL Carajás
Cidades / Marabá
DESENVOLVIMENTO

Reunião marca aproximação de novos projetos para Marabá

Associação Comercial e Industrial de Marabá - Acim e Vale se reuniram nesta quarta-feira (16). Reunião marca um novo tempo no relacionamento entre a entidade e a mineradora

quinta-feira, 17/03/2022, 09:06 - Atualizado em 18/03/2022, 11:23 - Autor: DOL Carajás

Google News

A proposta da Acim é que seja estabelecida uma relação diferente, "um olhar com mais consideração, mais amigável e de mais parceria"
A proposta da Acim é que seja estabelecida uma relação diferente, "um olhar com mais consideração, mais amigável e de mais parceria" | James Oliveira/RBATV

A fim de estreitar os laços da mineradora Vale com o município e a sociedade de Marabá, uma reunião articulada pela Associação Comercial e Industrial de Marabá - Acim, foi realizada nesta quarta-feira (16) na sede da entidade. A proposta da Acim é que seja estabelecida uma relação diferente, "um olhar com mais consideração, mais amigável e de mais parceria", salientou o presidente da Acim, João Tatagiba.

O encontro, entre outros objetivos, teve a finalidade de informar sobre o andamento do projeto da planta de Tecnored a ser instalada no Distrito Industrial de Marabá. O projeto está em fase de finalização da contratação da empresa que irá realizar a supressão vegetal e a terraplenagem, com mobilização prevista para maio deste ano.

Presentes à reunião estiveram o Gerente-Executivo Geral de Relações Governamentais, Luiz Ricardo de Medeiros Santiago; a Gerente de Relações Institucionais do Corredor Norte — Pará e Maranhão, Ana Carolina Alves; o Gerente de Relações Institucionais, Luiz Vale Veloso; o CEO da Tecnored, Leonardo Caputo; e o Analista de Relações Institucionais, Saulo Lobo.

Tatagiba deu as boas-vindas, agradeceu a presença dos representantes da Vale e disse que aquela era mais uma reunião de aproximação, de estreitamento de relações, a fim de estabelecer uma nova relação com a mineradora. Ele falou, ainda, acerca dos projetos da Vale para Marabá e região e, mais uma vez, destacou a importância do fornecimento de produtos e serviços por empresas locais.  

Luiz Ricardo Santiago agradeceu o convite, disse que tem pouco tempo na Vale — três anos — e falou da importância do relacionamento da mineradora com Marabá. Lembrou de projetos, de sonhos não realizados, da sociedade local, que esperava por empregos, educação, mas nada disso aconteceu.

Veja também!

Primeira gusa a biomassa começa a ser implantada em Marabá

Helder anuncia licença da planta de Tecnored em Marabá

Tecnored dá os primeiros passos para ser implantado (Fotos)

Sem citar o nome, Santiago estava falando do projeto da Alpa, e afirmou “a época das promessas acabou”. Disse que, de agora em diante, tudo o que for projetado para o município será feito com pé no chão, com base real, será verdadeiro, e marcará uma época de relacionamento de longo prazo, “aberto, franco, positivo”.

 

A construção da segunda ponte rodoferroviária do Rio Tocantins também foi tema da conversa
A construção da segunda ponte rodoferroviária do Rio Tocantins também foi tema da conversa | James Oliveira/RBATV
 

Em outros momentos, estiveram no centro dos diálogos a Tecnored e um projeto de fabricação de tarugos, que serão repassados à Sinobras para que se transformem em laminados, num investimento de 300 milhões de dólares (aproximadamente R$ 1,53 bilhão). A construção da segunda ponte rodoferroviária do Rio Tocantins também foi tema da conversa.        

Joao Tatagiba avaliou a reunião como positiva e acredita que, depois dela, Acim e Vale, vão viver, a partir desse encontro, um novo tempo, uma relação diferente, de mais consideração, mais amigável, com mais parceria. “Sabemos a importância da Vale para Marabá para a região, e não podemos nos isentar das nossas responsabilidades em relação à aproximação de um player tão importante pera a nossa comunidade”.

“Será uma nova relação, com projetos importantes para Marabá e região, fornecimento de mão de obra local e de produtos e serviços. Uma relação na qual a gente consiga, realmente, fornecer mais para a Vale e construir etapas diferentes do que foi até agora, um novo tempo. Para que isso aconteça, hoje recebemos o aceno positivo da Vale, o que nos deixa muito contentes”, resume o Presidente da Acim. (Com informações de James Oliveira e Ascom Acim)


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS