plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 26°
cotação atual R$


home
ÁREAS VULNERÁVEIS

Descubra quais são as cidades do Pará com risco de desastres

Tragédia no RS com mais de 100 mortos e desaparecidos. Estudo federal lista 1.942 cidades vulneráveis a desastres naturais, incluindo 82 no Pará.

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Descubra quais são as cidades do Pará com risco de desastres camera Marabá, no sudeste do Pará, seria uma das cidades com risco de desastres climáticos | Naldinho Fontenelle / Drone RBA

A tragédia que se abate sobre o Rio Grande do Sul não tem precedentes. A quantidade de chuva que caiu nos últimos dias e ainda cai no estado vem causando prejuízos imensuráveis. As mortes já ultrapassaram 100 e ainda há centenas de desaparecidos. Este já é considerado o maior desastre climático do estado.

Uma nota técnica elaborada pela Casa Civil do Governo Federal listou quase dois mil municípios brasileiros que estariam suscetíveis à ocorrência de deslizamentos, enxurradas e inundações.

O documento foi feito pela Secretaria Especial de Articulação e Monitoramento da Casa Civil em 2023 como parte dos estudos para o Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

LEIA TAMBÉM:

A nota aponta que exatas 1.942 cidades brasileiras estariam suscetíveis a desastres ocasionados por chuvas e, por isso, deveriam ser “priorizadas nas ações da União em gestão de riscos e desastres naturais”.

Dentre as cidades apontadas pelo estudo, estão 82 municípios do Pará. Entre eles, Belém; Altamira; Marabá; Parauapebas; Redenção e Tucuruí.

CRITÉRIOS

Elaborado ainda com auxílio de outros ministérios, como Integração e Desenvolvimento Regional; Cidades; Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia; o estudo atualizou uma lista de 2012 das cidades sob risco.

Naquele ano, foram listados 821 municípios sob risco. Para entrar na lista, a cidade teve de registrar óbito, ter mais de 900 desalojados e ter mais de 10 registros de desastres entre os anos de 1991 e 2022.

Outro critério para entrar na lista da Casa Civil é a cidade apresentar alta vulnerabilidade a inundações, segundo o “Atlas de Vulnerabilidade a Inundações da ANA” (2014).

VEJA LISTA DE CIDADES SOB RISCO NO PARÁ:

  • 1. Abaetetuba
  • 2. Acará
  • 3. Água Azul do Norte
  • 4. Alenquer
  • 5. Almeirim
  • 6. Altamira
  • 7. Ananindeua
  • 8. Anapu
  • 9. Aveiro
  • 10. Baião
  • 11. Barcarena
  • 12. Belém
  • 13. Belterra
  • 14. Bom Jesus do Tocantins
  • 15. Bragança
  • 16. Brasil Novo
  • 17. Brejo Grande do Araguaia
  • 18. Breves
  • 19. Cachoeira do Arari
  • 20. Cachoeira do Piriá
  • 21. Capitão Poço
  • 22. Castanhal
  • 23. Chaves
  • 24. Curuá
  • 25. Dom Eliseu
  • 26. Eldorado do Carajás
  • 27. Gurupá
  • 28. Ipixuna do Pará
  • 29. Irituia
  • 30. Itaituba
  • 31. Itupiranga
  • 32. Jacareacanga
  • 33. Jacundá
  • 34. Juruti
  • 35. Marabá
  • 36. Marituba
  • 37. Medicilândia
  • 38. Mocajuba
  • 39. Mojuí dos Campos
  • 40. Monte Alegre
  • 41. Nova Esperança do Piriá
  • 42. Nova Ipixuna
  • 43. Novo Progresso
  • 44. Novo Repartimento
  • 45. Óbidos
  • 46. Oriximiná
  • 47. Pacajá
  • 48. Palestina do Pará
  • 49. Paragominas
  • 50. Parauapebas
  • 51. Placas
  • 52. Ponta de Pedras
  • 53. Porto de Moz
  • 54. Prainha
  • 55. Redenção
  • 56. Rio Maria
  • 57. Rondon do Pará
  • 58. Rurópolis
  • 59. Salinópolis
  • 60. Salvaterra
  • 61. Santa Cruz do Arari
  • 62. Santa Maria das Barreiras
  • 63. Santana do Araguaia
  • 64. Santarém
  • 65. Santo Antônio do Tauá
  • 66. São Domingos do Capim
  • 67. São Félix do Xingu
  • 68. São Geraldo do Araguaia
  • 69. São João de Pirabas
  • 70. São João do Araguaia
  • 71. São Miguel do Guamá
  • 72. Senador José Porfírio
  • 73. Soure
  • 74. Terra Santa
  • 75. Tomé-Açu
  • 76. Trairão
  • 77. Tucumã
  • 78. Tucuruí
  • 79. Uruará
  • 80. Vigia
  • 81. Viseu
  • 82. Vitória do Xingu

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Pará

    Leia mais notícias de Pará. Clique aqui!

    Últimas Notícias