DOL Carajás
Notícias / Polícia
EM XINGUARA

Polícia encontra caminhonete usada na morte dos cinco jovens

Caminhonete em que estavam jovens que foram mortos em Parauapebas é recuperada em Xinguara

terça-feira, 21/09/2021, 09:36 - Atualizado em 21/09/2021, 18:34 - Autor: Michel Garcia


A caminhonete S-10 desapareceu em Parauapebas juntamente com os cincos jovens que foram mortos no Bairro Vila Nova
A caminhonete S-10 desapareceu em Parauapebas juntamente com os cincos jovens que foram mortos no Bairro Vila Nova | Reprodução Pebas Notícias

Um dos crimes que mais chamaram a atenção da sociedade paraense foi o da morte de 5 jovens encontrados em um terreno em Parauapebas no sudeste paraense. Os corpos foram encontrados no último dia 15 de setembro, em uma área de mata do Bairro Vila Rica

As vítimas eram quatro homens e uma mulher. Os homens deitados de bruços e uma mulher amordaçada.

O crime ganhou grande repercussão, e a polícia tenta traçar diversas linhas de investigação, sendo a principal a briga entre facções criminosas.

Agora mais um capítulo surge, desta vez no município de Xinguara, distante cerca de 243 quilômetros de Marabá, via BR-155.

Foi lá que a Polícia Militar recuperou durante a manhã desta segunda-feira (20), o automóvel S-10, placa MWJ-9364. A caminhonete S-10 desapareceu em Parauapebas juntamente com os cincos jovens que foram mortos no Bairro Vila Nova.

O veículo havia sido visto pela última vez no dia 13 deste mês na Avenida Santa Catarina, no Bairro Liberdade I.

Acompanhe tudo do caso:

Vídeo mostra uma das vítimas de chacina sendo interrogada

Vídeo mostra última vez em que vítimas foram vistas

Suspeito de participar de execuções está sendo procurado

Vítimas tiveram gargantas cortadas antes de morrerem

O carro estava abandonado em uma vicinal daquele município e tem características semelhantes ao que foi usado em assaltos no último final de semana em Xinguara. Mediante ao flagrante a caminhonete foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de para os procedimentos cabíveis.

As investigações continuam, sob o comando da 10ª Região de Segurança Pública (Risp) Carajás. (Com informações de Pebas Notícias)


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS