DOL Carajás
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
TIRO FATAL

Após discussão, homem é assassinado pela mulher  

Briga teria ocorrido por motivo fútil durante uma bebedeira na residência do casal

sábado, 06/11/2021, 10:41 - Atualizado em 06/11/2021, 10:40 - Autor: Com Informações Portal Tailândia


Rosilene Rocha Cabral  foi presa em flagrante
Rosilene Rocha Cabral foi presa em flagrante | Reprodução

Todo casal briga. Às vezes, por uma questão de momento ou de fase, um dos dois está vivendo o estresse e acaba descontando no parceiro. Quando os dois estão nervosos a situação piora ainda mais.

Uma discussão de um casal regada a bebida alcoólica resultou no assassinato do marido em Tailândia, nordeste paraense.   

Eclys Pereira de Sousa, de 40 anos, morreu após ser atingido por um tiro de arma de fabricação caseira. O caso aconteceu no Jardim Liberdade.

 

Eclys Pereira de Sousa morreu após ser atingido por um tiro de arma de fabricação caseira
Eclys Pereira de Sousa morreu após ser atingido por um tiro de arma de fabricação caseira | Reprodução
 

Segundo testemunhas, Eclys estava bebendo com sua esposa Rosilene Rocha Cabral e outro amigo, quando o casal iniciou uma discussão por motivo fútil. A mulher teria pegado a arma e baleado o marido.

O tiro acertou a perna esquerda do homem que ainda correu para pedir socorro, mas caiu na rua em frente à casa, onde eles moravam. O tiro atingiu a veia femoral.

VEJA TAMBÉM:

Idoso é preso pilotando moto não licenciada e com CNH falsa

Homem veste roupa uma por cima da outra para furtar loja 
Homem fura vizinho com canivete após ser chamado de 'corno'

A equipe do Corpo de Bombeiros ainda foi ao local, mas quando chegou o homem já estava morto. 

A mulher e o amigo do casal, foram levados para a delegacia. Rosilene Rocha Cabral foi presa em flagrante pelo crime e ficou à disposição da justiça. 

A arma utilizada no assassinato pertencia a vítima. O corpo de Eclys foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Tucuruí e liberado para velório e sepultamento.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)