DOL Carajás
Notícias / Polícia
REINCIDENTE

Acusado de estupro é preso após invadir casa na Nova Marabá

Ele estava em prisão domiciliar e possuía antecedentes criminais por estupro e violência doméstica

domingo, 09/01/2022, 09:54 - Atualizado em 09/01/2022, 14:06 - Autor: Alessandra Gonçalves


Acusado foi apresentado na 21ª Seccional de Polícia Civil
Acusado foi apresentado na 21ª Seccional de Polícia Civil | Reprodução

Um homem que cumpria prisão domiciliar voltou a ser preso na tarde deste sábado (8), em Marabá, no sudeste do estado. Ele invadiu uma residência de onde furtou um celular.   

Os policiais da 1ª Cime (Companhia Independente de Missões Especiais) estavam realizando rondas na Folha 28, na Nova Marabá, quando a vítima os chamou e informou que havia sido furtado o seu celular em sua residência, na Folha 33. 

 

Celular da vítima foi recuperado
Celular da vítima foi recuperado | Reprodução
 

O ladrão havia entrado pelos fundos da casa, pois a porta estava aberta, pegou o celular e saiu correndo. Ao avistar o acusado, ela saiu atrás dele com os moradores e pela localização do celular que estava sendo rastreado estava dando na Folha 28. 

No local, ela avistou uma viatura e acionou os militares, que conseguiram interceptar o acusado. No bolso dele foi encontrado o celular da vítima. Elenildo de Jesus Oliveira, de 39 anos, estava conduzindo uma motocicleta Bros, preta, de placa OBU-1876.  

VEJA TAMBÉM:

Jovem é preso quando entregaria droga para cliente 

Jovem de 21 anos é executado com tiro no peito 

Mulher desaparecida em Tucuruí foi vítima de feminicídio

Ao ser abordado, ele alegou que comprou o celular por R$ 50,00. Mas, para o azar dele, a vítima o reconheceu. Além do celular da mulher, um Motorola Oni preto, ele também estava com um celular Xiami Poco preto e a quantia de R$ 154,00. 

Na 21ª Seccional de Polícia Civil ficou constatado que o acusado já havia cumprido pena de três anos por estupro e que atualmente cumpria prisão domiciliar sendo monitoramento pelo mesmo crime. Ele também já tinha antecedentes criminais e respondia por violência doméstica.     


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS