DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
SUL DO PARÁ

Polícia Civil prende acusado de latrocínio cometido em 2021

Polícia prendeu Wender de Paula Souza, suspeito de participar da morte de Antônio Carlos de Sousa em 2021

sexta-feira, 11/02/2022, 09:23 - Atualizado em 11/02/2022, 17:25 - Autor: DOL Carajás com informações de Dinho Santos

Google News

A ação resultou na prisão de um suspeito conhecido por Wender de Paula Souza
A ação resultou na prisão de um suspeito conhecido por Wender de Paula Souza | Divulgação

As ações e operações policiais tem conseguido desvendar diversos crimes que tem tirado a paz do cidadão de bem, principalmente em uma região de vários conflitos e desavenças como a região sul do Pará. Um desses crimes cometidos em agosto de 2021 acaba de resultar na prisão de um dos suspeitos de envolvimento no assunto.

Uma ação policial desenvolvida pela Delegacia de Conflitos Agrários, com apoio da Superintendência Regional do Araguaia Paraense, Nai-Sul, Delegacia de Polícia Civil de Redenção e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais - Core, deflagraram a operação "Xeque Mate" que investiga dois latrocínios ocorridos na cidade de Redenção no ano de 2021. 

Veja também!

Ex-candidato a vereador reage a assalto e morre baleado

Polícia dá prejuízo de R$ 450 mil com apreensão de cocaína

Restos mortais encontrados podem ser de jovem desaparecido

A ação resultou na prisão de um suspeito conhecido por Wender de Paula Souza. Ele é apontado como o autor dos disparos no crime de latrocínio praticado contra a vítima  Antônio Carlos de Sousa, que foi morto na porta de sua residência com sete disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no dia 22 de agosto de 2021, na cidade de Redenção.

 

Após ter praticado o latrocínio, o criminoso fugiu para a cidade de Palmas, capital do Estado do Tocantins
Após ter praticado o latrocínio, o criminoso fugiu para a cidade de Palmas, capital do Estado do Tocantins | Divulgação
 

Segundo as investigações, o acusado estava na companhia do comparsa de nome Kaike, quando praticou o crime. Após ter praticado o latrocínio, o criminoso fugiu para a cidade de Palmas, capital do Estado do Tocantins, onde estava  refugiado até ser localizado pela Polícia Civil daquele Estado, que informou a Polícia Civil de Redenção e efetuou a prisão do acusado. (Dinho Santos)


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)