DOL Carajás
Notícias / Polícia
OPERAÇÃO SATURAÇÃO

Um preso e outro apreendido com 92 porções de crack 

Durante rondas, uma guarnição da Polícia Militar avistou os dois suspeitos e conseguiu capturá-los

terça-feira, 01/03/2022, 09:30 - Atualizado em 01/03/2022, 19:19 - Autor: Sandra Regina de Conceição do Araguaia

Google News

Material apreendido em poder da dupla
Material apreendido em poder da dupla | Divulgação

Os especialistas consideram o envolvimento de menores de idade no tráfico de drogas como uma forma de exploração e apontam que o narcotráfico é uma das piores formas de trabalho infantojuvenil. É um cenário de muita violência e metas a bater, podendo levar a apreensão ou até mesmo assassinatos de jovens infratores.

Uma guarnição do 22º Batalhão da Polícia Militar, através de rondas ostensivas, apreendeu um adolescente de 17 anos e prendeu um homem de 39 anos, em posse de diversas porções de entorpecentes de crack. O fato aconteceu em Floresta do Araguaia, no sul do Pará, durante a Operação Saturação.

Durante as rondas, a guarnição policial avistou dois suspeitos e tentou fazer a abordagem, porém, eles desobedeceram a ordem de parada e empreenderam fuga numa motocicleta. Ao percorrerem aproximadamente 1,5 Km, entretanto, se desequilibraram e caíram.

Com isso, a guarnição conseguiu apreender um deles que estava com três porções de crack, enquanto o outro suspeito fugiu do local. Ao ser questionado de onde provinha as substâncias ilícitas, o menor de idade informou a localização do fornecedor, na Rua Ametista. 

Veja também:

Jovem é morto a faca nos arredores do Terminal Rodoviário

Assassinato de secretário de obras de Anapu é investigado

Jovem de 19 anos é assassinado a tiros em Marabá

A Polícia Militar seguiu até o local e encontrou um indivíduo com 89 porções de crack, pesando aproximadamente 29 gramas, além de R$110,00 e dois celulares. 

O maior foi preso e o menor apreendido. Os materiais encontrados em poder da dupla foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Floresta do Araguaia para as providências cabíveis. 


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS