DOL Carajás
Notícias / Polícia
DENÚNCIA ANÔNIMA

PM acaba com desmanche de motocicletas em cidade no Pará

Acusado confessou aos policiais que ganhava R$ 300,00, por cada veículo desmanchado

terça-feira, 01/03/2022, 17:41 - Atualizado em 01/03/2022, 18:11 - Autor: DOL Carajás

Google News

Clebson da Silva e Wilson Barral foram presos em flagrante
Clebson da Silva e Wilson Barral foram presos em flagrante | Redes Sociais

O trabalho de policiamento ostensivo da Polícia Militar vem trazendo muitos resultados positivos. Prisões, apreensões, recaptura de foragidos e, agora, foi estourado um desmanche de motocicletas.

Uma equipe da 6ª Companhia Independente de PM de Tailândia pôs fim a uma oficina clandestina voltada ao desmanche de motos furtadas ou roubadas. Dois homens foram presos e apresentados na delegacia local.

 

Peças de motocicletas apreendidas em poder da dupla
Peças de motocicletas apreendidas em poder da dupla | Redes Sociais
 

Policiais do Grupamento Tático Operacional (GTO) foram os responsáveis pela ação que resultou na descoberta da oficina que funcionava em uma chácara na Vicinal do Badarote. Segundo os militares, uma denúncia anônima informou sobre o local. Por volta de 11h desta segunda-feira (28), a equipe confirmou a veracidade da informação.

Na propriedade, foi encontrado o mecânico Clebson da Silva, o Gago, que informou ser o responsável por desmontar os veículos. Clebson ainda apontou o parceiro Wilson Barral da Cunha, preso horas depois na Travessa Mãe do Rio, bairro Greenville. Além de confirmar a prática delituosa, o acusado Wilson estava com uma arma de fogo de fabricação caseira. Uma terceira pessoa envolvida é procurada.

Veja também:

Um preso e outro apreendido com 92 porções de crack 

Jovem é preso com pistola 380 e entorpecente em Marabá 

Gago detalhou que desmontou nas últimas semanas cerca de seis motos e ganhava R$ 300,00 por cada veículo. Os policiais apreenderam peças de várias motocicletas. Os acusados estão presos na Delegacia de Tailândia e à disposição da Justiça.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS