DOL Carajás
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
MOTIVO FÚTIL

Detento é morto por colega de cela em cadeia de Marabá  

Um outro preso assumiu a autoria do crime. Vítima foi morta com um golpe de mata-leão

quinta-feira, 14/04/2022, 19:56 - Atualizado em 14/04/2022, 22:41 - Autor: Alessandra Gonçalves

Google News

Detento foi morto com o mata-leão
Detento foi morto com o mata-leão | Divulgação

Um detento foi assassinado por um colega de cela na Central de Triagem Masculina de Marabá, localizada na rodovia Transamazônica (BR-230), sentido Itupiranga, no sudeste do estado. 

O caso ocorreu na manhã desta quinta-feira (14), por volta de 8h50, após o café da manhã. A vítima é o detento Francisco Ferreira Lima Junior. 

De acordo com a Polícia Civil, os servidores da Central de Triagem ouviram gritos vindos do Bloco B e identificaram que um tumulto estava ocorrendo na Cela B9. Ao chegarem ao local, a vítima Francisco Ferreira Lima Junior estava deitada no chão na frente dos demais presos da cela.

O detento Paulo Henrique Gomes confessou que havia dado um mata-leão, também conhecido como gravata, que é um golpe de estrangulamento usado nas artes marciais japonesas, realizado pelas costas do companheiro de cela. Francisco ainda chegou a ser socorrido pela enfermeira e técnico da unidade que realizaram os primeiros socorros.

Veja também:

Cães da Guarda Municipal de Marabá acham corpo em cova rasa

Mãe confessa que ajudou marido estuprar e matar bebê

Comerciante ameaça de morte trabalhadores em Marabá

A vítima foi encaminhada para o Hospital Municipal de Marabá, onde por volta de 9h40 foi confirmado o óbito. Paulo Henrique Gomes foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil e ficou à disposição da justiça.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)