DOL Carajás
Notícias / Polícia
ESTAVA NO MARANHÃO

Preso foragido acusado de matar colega de "jogo de baralho"

Delio Xavier Almeida, conhecido como Zé Galinha, matou no ano de 2009, Cícero Ramos Pereira da Conceição, crime que aconteceu em Morada Nova, por conta de apostas de jogo de baralho

domingo, 31/07/2022, 13:12 - Atualizado em 31/07/2022, 13:12 - Autor: DOL Carajás

Google News

Delio Xavier Almeida, conhecido como Zé Galinha, matou no ano de 2009, Cícero Ramos Pereira da Conceição
Delio Xavier Almeida, conhecido como Zé Galinha, matou no ano de 2009, Cícero Ramos Pereira da Conceição | Divulgação

Uma ação conjunta entre as polícias do Pará e do Maranhão conseguiu prender neste sábado (30) um homem foragido acusado de matar o colega de jogo de cartas em Marabá no sudeste paraense. 

Delio Xavier Almeida, conhecido como Zé Galinha, matou no ano de 2009, Cícero Ramos Pereira da Conceição, crime que aconteceu em Morada Nova após uma confusão e discussão. Zé Galinha teria pedido para Cícero ir até a casa dele pegar um dinheiro, em uma rodada de baralho. 

Cícero foi até a casa de Zé Galinha e recebeu apenas R$ 10. Contrariado, Zé Galinha disse que no local havia cerca de R$ 70, dando início então a uma discussão e então Zé Galinha armado de um faca acabou desferindo vários golpes em Cícero e ainda tentou matar Carlos Henrique Azevedo Rocha.

Veja também!

Homem sofre descarga elétrica durante montagem de parquinho

Três são presos e um é morto em ação com reféns em farmácia

Vídeo: Semma e guarda municipal resgatam macaquinhos presos

Naquela ocasião em 2009, a Polícia Militar foi acionada e conseguiu prender Zé Galinha no dia seguinte em Morada Nova na rua Novo Progresso. Zé Galinha havia sofrido uma tentativa de linchamento chegando a ser esfaqueado, sendo levado a tempo para o Hospital Municipal de Marabá.

Após isso ele foi preso, a logo em seguida, ao ganhar a liberdade provisória, acabou fugindo. Teve então sua prisão preventiva decretada em 2018, até que esta semana, em  um trabalho de integração entre as polícias do Pará e Maranhão resultou na prisão dele.

De acordo com o investigador Hélio de Açailândia, no Maranhão, estava de folga em Imperatriz, tomou conhecimento desse mandado de prisão, fez o monitoramento até que no sábado, Hélio e demais investigadores da divisão de homicídios de Imperatriz conseguiram prender Délio Xavier Almeida.

Ele deve ser recambiado esta semana para Marabá, onde deverá ser encaminhado novamente para o sistema prisional. (Com informações de Edinaldo Sousa)


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS