plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 26°
cotação atual R$


home
JUSTIÇA COM AS PRÓPRIAS MÃOS

Vídeo: irmãos são executados a tiros em Marabá

Crime ocorreu na madrugada desta segunda-feira (31), na Marabá Pioneira

Imagem ilustrativa da notícia Vídeo: irmãos são executados a tiros em Marabá camera Wesley Feitosa Fernandes estava bebendo na Orla, quando foi baleado | Reprodução

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil começou a investigar o assassinato de dois irmãos. O crime ocorreu na madrugada desta segunda-feira (31), em Marabá, no sudeste do estado.

As vítimas são: Wesley Feitosa Fernandes, 24 anos e Kelvi Araújo Feitosa, de 20.

Kelvi Araújo foi executado com três tiros
📷 Kelvi Araújo foi executado com três tiros |Reprodução

De acordo com informações da Polícia Civil, Wesley Feitosa Fernandes estava bebendo na Orla do rio Tocantins, às proximidades da praça São Félix de Valois, quando foi atingido por cerca de três tiros, por volta de 1h30. O rapaz chegou a ser socorrido por populares e levado ao Hospital Municipal de Marabá, onde não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Ao tomar conhecimento de que seu irmão havia sido assassinado, Kelvi saiu nas ruas em busca dos acusados para fazer justiça com as próprias mãos, momento em que foi alvejado por três disparos, vindo a óbito na Rua Barão do Rio Branco, com a Travessa São Miguel, próximo à Orla do Bairro Francisco Coelho, mais conhecido como Cabelo Seco.

“A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios, esteve no local levantando informações preliminares e a gente trabalha com o objetivo de elucidar esses crimes e prender os autores desses dois homicídios”, informou o superintendente de Polícia Civil, delegado Vinícius Cardoso.

Kelvi e o irmão Wesley foram mortos na madrugada desta segunda-feira
📷 Kelvi e o irmão Wesley foram mortos na madrugada desta segunda-feira |Reprodução

LEIA TAMBÉM:

+ Vídeo: mulher morre após colisão contra carreta dos Correios

+ Jovem é encontrado morto nas proximidades de residencial

+ Hippie é morto com golpes de facão em praia do Pará

A autoridade policial disse ainda que os irmãos eram moradores da Vila Canaã (Vila do Rato), na Marabá Pioneira. “Lá é uma área que a gente sabe que é de tráfico de drogas. A polícia trabalha com essa linha de investigação e outras não são descartadas. A gente tem um prazo de 30 dias para apresentar os resultados”, ponderou o superintendente de polícia.

VEJA ABAIXO A REPORTAGEM DE ELIOENAY BRASIL DA RBATV:

Dol Carajás 02

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Polícia

Leia mais notícias de Polícia. Clique aqui!

Últimas Notícias