plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 34°
cotação atual R$


home
NA LISTA NEGRA

Prefeito de Tucumã, no Pará, diz que está ameaçado de morte

Prefeito do município de Tucumã, no sul do Pará, Celso Lopes, disse em entrevista que está sendo ameaçado de morte

Imagem ilustrativa da notícia Prefeito de Tucumã, no Pará, diz que está ameaçado de morte camera Prefeito de Tucumã, Celso Lopes, diz que ameaças começaram depois de declaração sobre trabalhar contra crimes ambientais e garimpos ilegais | Reprodução

Com três anos completos à frente da administração municipal da cidade de Tucumã, no sul do Pará, o prefeito Celso Lopes Cardoso (PSDB), chamou atenção da população do município e região do sul do Pará, ao declarar que está incluso na lista de marcados para morrer de uma facção criminosa da cidade.

A declaração que surgiu durante uma entrevista a uma rádio local, tornou-se o principal comentário da cidade e municípios vizinhos como Ourilândia do Norte e São Félix do Xingu.

De acordo com o prefeito Celso Lopes, os ameaçadores integram uma facção criminosa que atuam na prática delituosa de assaltos a garimpos e crimes de pistolagens responsáveis por crimes de assassinatos na região.

Veja também:

Segundo Celso Lopes, as ameaças de morte teriam sido motivadas pelas declarações dadas por ele há tempos, prometendo que iria eliminar a atuação de organizações criminosas no município de Tucumã, as ameaças então seriam retaliações a essa promessa.

Ainda durante a entrevista, o prefeito Celso Lopes disse que tão logo foi informado das ameaças, entrou em contato com o secretário estadual de Segurança Pública do Estado do Pará, Ualame Machado, e também a Assembleia Legislativa do Estado do Pará, Alepa. A Polícia Civil da cidade de Tucumã está investigando a denúncia.

O prefeito Celso Lopes Cardoso tem 58 anos, natural de São Miguel do Araguaia (GO), é separado judicialmente, declara ao TSE a ocupação de médico e tem superior completo. Está no seu segundo mandato em Tucumã.

O gestor garantiu que o Comando Geral da Polícia Militar enviou policiais militares para fazer a segurança pessoal dele.

Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup) informou que as forças de segurança do Estado apuram os relatos de ameaça e que o prefeito recebeu suporte e orientações da equipe policial.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Polícia

Leia mais notícias de Polícia. Clique aqui!

Últimas Notícias