Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
FIQUE ATENTO!

Concursos: mais de 13 mil vagas para órgãos federais 

Os pedidos para concursos públicos no ano que vem já foram enviados e aguardam liberação. Entre eles, estão alguns dos mais aguardados pelos concurseiros, como da Polícia Federal e do Banco Central

domingo, 29/05/2022, 07:40 - Atualizado em 29/05/2022, 07:41 - Autor: Pryscila Soares/Diário do Pará

Google News

Outro certame entre os mais aguardados é o da Polícia Rodoviária Federal
Outro certame entre os mais aguardados é o da Polícia Rodoviária Federal | Divulgação

Mais de 13 mil vagas efetivas de concursos públicos de âmbito nacional são esperadas para o próximo ano. Os órgãos federais, em sua maioria, já enviaram os pedidos e aguardam a autorização do Ministério da Economia. Para que as contratações possam ser contempladas no orçamento federal de 2023, os órgãos federais interessados em realizar concursos têm até o próximo dia 31 para enviar a solicitação.

Entre os concursos previstos está o da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que visa preencher 5 mil vagas de policiais rodoviários. Já a Polícia Federal (PF) solicitou 677 vagas para a área administrativa. No caso desses dois órgãos, a solicitação é feita ao Ministério da Justiça.

A grande novidade entre os certames do próximo ano é a possível realização do primeiro concurso Pré Sal Petróleo, da Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural S.A, que deve preencher 150 cargos efetivos em todos os estados brasileiros.

Ainda não foram divulgadas informações sobre os cargos e salários. O plano de cargos e salários, o plano de funções e o quadro de pessoal aguardam aprovação por parte da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST).

CONCURSOS FEDERAIS PREVISTOS PARA 2023

CONCURSO PRÉ SAL PETRÓLEO:

Está previsto para 2023 o primeiro concurso Pré Sal Petróleo, da Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural S.A, que deve preencher 150 cargos efetivos em todos os estados brasileiros, incluindo o Distrito Federal. Ainda não foram divulgadas informações sobre os cargos e salários. O plano de cargos e salários, o plano de funções e o quadro de pessoal aguardam aprovação por parte da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST).


POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL (PRF):

O concurso da PRF aguarda a autorização do Ministério da Justiça para ocorrer em 2023. O certame visa preencher 5 mil vagas de policiais rodoviários. Para o concurso da PRF é exigida formação de nível superior em qualquer área, além de carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração inicial é de R$ 10.357,88, já considerando o auxílio alimentação de R$ 458. As vagas serão distribuídas entre todos os estados do país, incluindo o Pará e o Distrito Federal.


POLÍCIA FEDERAL

A Polícia Federal pretende preencher 677 vagas para a área administrativa. Do total de oportunidades, 494 são para cargos com exigência de ensino médio e 183 para carreiras com exigência de nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 7.841,95. O último concurso para a área administrativa ocorreu em 2013, quando foram oferecidas 566 vagas, sendo 534 para agente administrativo, com opções em todos os estados. Para nível superior, as oportunidades foram para o Distrito Federal.


IBGE

Visando o preenchimento de 2.503 vagas efetivas, sendo 1.488 para nível médio e 1.015 para nível superior, o concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística também aguarda autorização do Ministério da Economia. As remunerações iniciais são de até R$ 9.389,06. A expectativa é contratar a banca organizadora em janeiro de 2023, com publicação do edital em fevereiro, divulgação de resultados em abril e início das convocações dos aprovados em maio do próximo ano. São previstas vagas para todos os estados.


INSS

Tramitava no Ministério da Economia um novo pedido de autorização do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social, que visa preencher 7.830 vagas, sendo 6.084 para o cargo de técnico e 1.746 para analistas. Porém, houve mudanças e agora apenas mil vagas, somente para o cargo de técnico do seguro social, com exigência de ensino médio, devem ser abertas. A solicitação de mudança ocorreu na última quinta-feira, 26 de maio, por meio de nota técnica, com o objetivo de viabilizar a realização do certame com maior celeridade. A remuneração inicial da categoria é de R$ 5.447,78, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458.


FUNAI

Visa o preenchimento de 1.071 vagas, sendo 692 para cargos de nível médio e 379 para nível superior. O novo pedido de autorização do concurso da Fundação Nacional do Índio deve ser encaminhado até o próximo dia 31 de maio para a autorização do Ministério da Economia. O último concurso da Funai ocorreu em 2021. Das 776 vagas temporárias ofertadas, 52 foram destinadas ao Pará.


BANCO CENTRAL

O pedido de autorização do novo concurso do Banco Central do Brasil também deve ser encaminhado ao Ministério da Economia até o próximo dia 31 de maio. A previsão é de que sejam oferecidas 230 vagas para os cargos de analista e procurador de nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 21.472,49. O último concurso do Banco Central ocorreu em 2013, com 500 vagas destinadas aos cargos de técnico e analista. Os profissionais foram lotados em Brasília (DF), Belém (PA), São Paulo (SP), Salvador (BA) e Porto Alegre (RS).


ANTT

Com último concurso realizado em 2013, o novo concurso da Agência Nacional de Transportes Terrestres deve ser solicitado ao Ministério da Economia até o próximo dia 31 de maio deste ano. O órgão confirmou a solicitação de 362 oportunidades. Do total, 264 serão para cargos de nível médio e 98 para nível superior, com iniciais de até R$ 15.516,12. No concurso de 2008, a ANTT ofertou vagas para diversas localidades, incluindo o Pará.


ANVISA

O concurso da Agência Nacional de Vigilância Sanitária deve enviar um novo pedido de autorização ao Ministério da Economia, para o preenchimento de 107 vagas, com opções para quem possui ensino médio e nível superior. De acordo com a agência, serão 49 vagas para cargos de ensino médio e 58 para nível superior. O último concurso da Anvisa ocorreu em 2013 e ofereceu 314 vagas, com salários entre R$ 5 mil e R$ 10 mil.


ANEEL

A Agência Nacional de Energia Elétrica deve encaminhar o pedido de autorização do novo concurso ao Ministério da Economia até o próximo dia 31 de maio. A expectativa é preencher 184 vagas, que correspondem ao total de oportunidades em aberto na instituição, sendo 85 para o cargo de técnico administrativo, com exigência de ensino médio, com remuneração inicial de R$ 6.605,52. Para nível superior são 54 de especialista em regulação e 45 de analista administrativo. Para os analistas, o inicial é de R$ 11.529,29 e para os especialistas, R$ 12.890,49. O último concurso da Aneel ocorreu em 2010 e todas as vagas foram lotadas exclusivamente em Brasília (DF), porém as provas ocorreram em várias cidades do país.


MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

Um novo concurso Ministério da Justiça (Ministério da Justiça) pode ser realizado até o próximo ano, para o preenchimento de nada menos do que 721 vagas, destinadas para cargos de níveis médio e superior. Agora, o processo depende de parecer positivo, por parte da Economia, para que as contratações possam ser consideradas no orçamento federal de 2023. Do total de vagas, 170 são destinadas ao cargo de analista técnico de políticas sociais da carreira de desenvolvimento de políticas sociais. As 551 restantes são para diversos cargos, de níveis médio e superior.


ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO (AGU)

O certame da Advocacia Geral da União foi confirmado em outubro pelo órgão, com previsão de 300 vagas, com edital previsto para ser liberado no decorrer do próximo ano. As oportunidades serão para os cargos de advogado da união, procurador federal e procurador geral da fazenda nacional, com 100 oportunidades cada. Novas informações devem ser confirmadas em breve. Para ingressar nas carreiras de advogado e procuradores, o candidato deverá possuir formação de nível superior em direito e dois anos de experiência jurídica, realizadas após a obtenção do grau de bacharel em direito. Os salários iniciais são de R$ 17.330,33 para advogado e R$ 19.655,67 para procuradores.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS