Diário Online
GRATUITO

Igreja de Santo Alexandre recebe “Domingo da Acessibilidade”

O "2º Domingo da Acessibilidade e Inclusão" contará com uma atividade na Sala dos Sentidos, localizada na Sacristia da Igreja de Santo Alexandre, com visita guiada.

sexta-feira, 06/05/2022, 15:05 - Atualizado em 06/05/2022, 15:04 - Autor: Agência Pará

Google News

As Pessoas com Deficiência (PcD) participaram de uma visita guiada, no qual tocam em algumas peças selecionadas do acervo.
As Pessoas com Deficiência (PcD) participaram de uma visita guiada, no qual tocam em algumas peças selecionadas do acervo. | MARIO QUADROS / ASCOM SECULT

O Projeto Domingo da Acessibilidade e Inclusão é realizado sempre no segundo domingo do mês e busca tornar os museus do Estado espaços cada vez mais inclusivos. 

Durante a programação, os visitantes podem conhecer um pouco mais sobre a história dos museus, assim como da arquitetura do espaço, através de uma visita guiada.

O domingo (08), dia em que será celebrado o Dia das Mães, marcará o retorno de um dos projetos mais importantes realizados nos museus do Estado: o 2º Domingo da Acessibilidade e Inclusão, uma ação gratuita do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult) e Sistema Integrado de Museus e Memoriais (SIMM/Secult). 

A iniciativa ocorre das 9h às 17h, e contará com uma atividade educativa na Sala dos Sentidos, localizada na Sacristia da Igreja de Santo Alexandre, com visita guiada por profissionais da área da audiodescrição e educadores do SIMM.

O retorno da programação se baseia no cumprimento da Portaria Nº 051, de 5 de janeiro de 2020, que visa promover os museus como espaços mais inclusivos. Na Sala dos Sentidos, as Pessoas com Deficiência (PcDs) terão acesso a parte do acervo dos museus do SIMM/SECULT, com peças sacras, arqueológicos, arte contemporânea e materiais etnográficos de origem europeia, amazônica e indígenas.

De acordo com o coordenador de Educação e Extensão do SIMM, Raimundo Calandrino, o objetivo é tornar o momento uma experiência de ampla percepção dos sentidos, direcionada a esse público específico.

“Com o retorno da Sala dos Sentidos, está sendo realizado um trabalho de formação continuada com os técnicos/educadores com uma profissional da área da acessibilidade e inclusão, reformulando suas práticas de atendimento e produzindo conteúdos e materiais didáticos, com intuito de tornar os museus cada vez mais acessíveis, conforme o decreto do Governo do Estado”, destacou.

“A inclusão é um tema muito importante para a Secult e para o Governo do Estado. Por isso, o Domingo da Acessibilidade visa garantir que todas as pessoas possam a ter acesso aos espaços museais. A cultura é um direito de todos e nossa missão é criar possibilidades para que as pessoas com deficiência tenham contato direto com os acervos. Todos aqueles que puderem estar presentes estão convidados a estarem conosco e ter a possibilidade de viver a experiência de visitar os nossos museus”, disse o secretário.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS