Diário Online
CULTURA POPULAR

Grupo de Carimbó de São Caetano se apresenta em Belém

“Bico de Arara” tem 32 anos de existência e se apresentou recentemente no Arraial de Todos os Santos e em eventos particulares na capital.

quinta-feira, 04/08/2022, 22:31 - Atualizado em 04/08/2022, 22:31 - Autor: ( com informações da assessoria )

Google News

Será a primeira vez que o grupo se apresenta em uma festa aberta para o público, com a formação atual.
Será a primeira vez que o grupo se apresenta em uma festa aberta para o público, com a formação atual. | (Divulgação)

A próxima sexta-feira (04/08), a partir das 18:30, no restaurante Na Maré, será a estreia do grupo de carimbó Bico de Arara no projeto Carimbó do pôr-do-sol. Oriundo da ilha de São João dos Ramos, localizada no município de São Caetano de Odivelas, “Bico de Arara” tem 32 anos de existência e se apresentou recentemente no Arraial de Todos os Santos e em eventos particulares na capital, mas em uma festa aberta para o público, com a formação atual, será a primeira vez. 

Belém: Tapetes Contadores de Histórias com sessões gratuitas

 Segundo o integrante do grupo, Junior  Chagas, o público pode esperar um show com muito carimbó raiz e animação, “ Nós somos um grupo que  já tem uma história longa, mas entrou uma galera nova agora. Está com um gás diferente. A gente é muito apaixonado pelo que  faz. A gente ama tocar carimbó, a gente ama estar no meio da galera e o que vocês podem esperar e  ter certeza que é vai ser  muita energia positiva, nosso grupo é pra cima” promete o curimbozeiro, que toca curimbó repique, faz back vocal e realiza a apresentação do grupo.

Por ser natural de São Caetano de Odivelas, o grupo Bico de Arara apresenta instrumentos incomuns para o carimbó feito na capital, como a utilização da cuíca e de três curimbós.

Projeto Carimbó do Pôr-do-sol

A ideia do projeto “Carimbó do por sol'' é que a cada sexta-feira aconteça uma apresentação diferente dando oportunidade para muitos dos grupos de carimbó de Belém. Segundo o levantamento realizado pelo movimento do carimbó, são mais de 45 grupos em atividade  na Região Metropolitana, ainda existem os do interior do estado. 

Na visão da produtora cultural Lorena Savedra é preciso ações que contribuam com a salvaguarda do carimbó que carrega o título de patrimônio cultural  imaterial brasileiro. “Apesar de Belém ser a terra do carimbó, nós temos poucos espaços com estrutura e remuneração para os grupos de carimbó. Atualmente não tem um local que você vá na sexta e esteja tocando carimbó no centro de Belém. Aliás, não tinha porque o nosso evento quer garantir que os visitantes e amantes da nossa cultura tenham essa oportunidade de curtir uma boa roda de carimbó, no pôr do sol e na beira do rio”, finaliza, Savedra. 

 

| (Divulgação)
 

Além da música regional e da paisagem, o bar fica localizado na beira do rio. Com direito a vista privilegiada do pôr do sol. A culinária do Espaço Cultural Na Maré  também garante experiência com sabores da Amazônia. Tucupi, peixes da região, Jambu entre outras iguarias fazem parte do cardápio do espaço. E das 18h às 21h tem happy hour.

Serviço:

-“Carimbó no Por do Sol”   

- Bico de Arara 05/08    Sancari 12/08 

- Apresentação às 18h.

- Happy Hour Tijuca $8

- Ingresso: $15

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS