plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 32°
cotação atual R$


home
ENCONTRO E MÚSICA

Vozes do Abismo: evento gótico em Belém valoriza a arte

Franz Oliveira lidera iniciativa cultural que busca dar voz a artistas paraenses.

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Vozes do Abismo: evento gótico em Belém valoriza a arte camera Música e poesia gótica foram apresentadas no Parque Cemitério da Soledade. | Divulgação/Creme Produtora

Franz Oliveira, um historiador apaixonado pela subcultura gótica desde sua adolescência, tem se dedicado nos últimos 20 anos a promover eventos como DJ em diversas casas noturnas underground de Belém. Atualmente à frente do Vozes do Abismo, ele busca inserir em seus eventos a participação de uma variedade de artistas, como escritores, fotógrafos, poetas, pintores, desenhistas, atores e atrizes, entre outros. Para Franz, o objetivo é romper com a tendência seletiva que privilegia sempre as mesmas pessoas no cenário artístico paraense.

"Eu sempre acreditei que o espaço para os artistas em Belém é muito restrito, com uma tendência a favorecer sempre os mesmos indivíduos. No entanto, há muitos outros artistas em Belém que precisam de oportunidades, e eu quero proporcionar isso para cada um deles nos eventos do Vozes do Abismo. Minha proposta vai além da música; busca envolver todas essas vozes que estão no 'abismo' cultural que é Belém do Pará. O Vozes não é apenas uma proposta musical, mas cultural em um sentido mais amplo", comenta Franz.

+ Espetáculo 'Julie e os fantasmas' entra em cartaz em Belém

+ Vídeo: alunos deliram com "marcante" em escola de Belém

O Dia Mundial do Gótico, comemorado no dia 22 de maio, que foi criado em 2009 no Reino Unido pelo DJ Cruel Britannia, também foi abordado por Franz. Segundo ele, a data foi estabelecida para chamar a atenção para o universo inspirador da subcultura gótica, ou seja, as diversas formas de expressão artística pelas quais os góticos e góticas são apaixonados. A criação dessa data teve como objetivo desmitificar os estereótipos associados aos góticos, que frequentemente são vistos como pessoas mórbidas, ligadas ao suicídio e à depressão. Franz enfatiza que essa impressão triste é puramente preconceituosa, e ressalta que a depressão e o suicídio são problemas sérios que requerem tratamento. Em sua experiência, nunca encontrou um gótico ou gótica que não apreciasse uma festa ou não se divertisse na noite. Portanto, nada melhor do que celebrar essa data com muita arte, em um local como o cemitério da Soledade, e em uma noite com nuvens densas no céu.

Música e poesia gótica foram apresentadas no Parque Cemitério da Soledade.
📷 Música e poesia gótica foram apresentadas no Parque Cemitério da Soledade. |Divulgação/Creme Produtora

A programação organizada pelo Vozes do Abismo foi dividida em dois momentos. O primeiro ocorreu no cemitério da Soledade, com a apresentação do violinista Luiz Oliveira, que encantou o público com peças de Bach. Também houve um monólogo de Karmel Elian Kovalsk Kaos, abordando as obras de Augusto dos Anjos, Álvares de Azevedo e Max Martins, além da performance do casal Cleiton Santos e Rosana Cambieri, que apresentaram três sonetos dramatizados de Augusto dos Anjos. O segundo momento culminou em uma festa gótica no espaço PMC Garagem, com a participação dos DJs góticos mais veteranos de Belém: Emerson Coe, Karmel Elian Kovalsk Kaos, Sidney Violet, Pedrinho Solem e o próprio Franz Oliveira.

Franz lembra um comentário muito oportuno feito por Adriano Cão, um de seus amigos que admiram sua proposta: o Vozes do Abismo possibilita que as diversas vozes artísticas de Belém saiam do abismo e ecoem pela cidade.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Cultura

    Leia mais notícias de Cultura. Clique aqui!

    Últimas Notícias