PRECONCEITO

Latino é denunciado por intolerância a religiões afro 

O cantor pode ser punido com multa e detenção de 1 mês a 1 ano de prisão

sexta-feira, 23/04/2021, 16:49 - Atualizado em 23/04/2021, 16:49 - Autor: Com informações SBT Notícias


O cantor ainda não se pronunciou sobre a denuncia
O cantor ainda não se pronunciou sobre a denuncia | Reprodução/ Instagram

Após uma declaração de intolerância religiosa, o cantor Latino virou alvo de notícia-crime por ter afirmado que seu macaco de estimação que tinha morrido por obras de "macumbaria, trabalhos pesados" em um programa de podcast no último dia (14).

O cantor tinha um macaco de estimação, Twelves, que morreu em 2018 após ser atropelado e desabafou na época sobre o ocorrido. "Essa parada de centro espírita, esse bagulho de macumba, os caras fazem trabalhos pesados para infernizar a vida do outro. E aí fizeram um trabalho de ebó, sei lá que porra chama essa merda de macumbaria", afirmou. A fala preconceituosa do artista foi condenada por entidades religiosas.

Logo após a repercussão negativa da fala, o cantor pediu desculpas e afirmou "não ter a intenção de ofender as pessoas" e que "reproduziu algo que aprendeu na infância".

Uma notícia-crime foi encaminhada pela Secretaria Municipal de Cidadania do Rio, por meio de denúncia na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi). De acordo com o secretário da pasta, Átila Nunes, Latino "estimulou o preconceito ao associar a morte do animal a rituais de centros espíritas".

O cantor ainda não se pronunciou sobre a denuncia. Em caso de condenação por crimes raciais e delitos de intolerância, o acusado pode ser punido com multa e detenção de 1 mês a 1 ano de prisão.

CONFIRA O DESABAFO DO CANTOR!

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS