PASSANDO PANO?

Tirulipa chora ao pedir perdão para DJ Ivis e é massacrado

Humorista foi criticado por anônimos e famosos e ficou entre os assuntos mais comentados.

sábado, 17/07/2021, 13:55 - Atualizado em 17/07/2021, 13:55 - Autor: FOLHAPRESS


Tirulipa foi criticado por anônimos e famosos após pedir perdão para DJ Ivis, preso após ser flagrado agredindo a ex-mulher Pamella Holanda.
Tirulipa foi criticado por anônimos e famosos após pedir perdão para DJ Ivis, preso após ser flagrado agredindo a ex-mulher Pamella Holanda. | Reprodução

O humorista Tirulipa, 36,se tornou um dos assuntos mais comentados e virou alvo de ataques de internautas neste sábado (17), por causa de um vídeo que está circulando nas redes sociais. 

DJ Ivis se defende em vídeo: "não sou eu, eu não sou assim"

A polêmica começou por causa de um vídeo em que Tirulipa comenta a prisão de DJ Ivis, 30, e fala em perdão ao músico, que foi preso desde a última quarta-feira (14) após ser acusado de violência doméstica por sua ex-mulher, Pamella Holanda, 27. 

DJ Ivis é flagrado agredindo esposa em vídeos; veja!

No vídeo, postado pelo humorista há alguns dias, Tirulipa diz que não é justo o que DJ Ivis fez, mas Deus vai tocá-lo. "Tenho certeza que ele voltará transformado e vamos dar outra oportunidade, porque o mundo é de oportunidades, tem que perdoar."

Imagens de agressões dele chegaram a ser divulgados pela arquiteta e influenciadora no último domingo (11).O vídeo de Tirulipa foi criticado por anônimos e famosos.

A cantora Pocah, 26, disse no Instagram que já pensou igual a ele e recordou agressões que sofreu de um ex, concluindo que segunda chance de um agressor é continuar vivo e pagar pelo crime.

O músico Tico Santa Cruz, 43, chegou a xingar Tirulipa no Twitter. "Tomando dor de espancador de mulher? Vai a merda, rapaz", afirmou. "Por que espancadores não lembram do Deus que eles evocam na hora que estão espancando mulheres?".

Tirulipa respondeu aos ataques com um novo vídeo, postado em seu Instagram, onde afirma que nunca defendeu a agressão praticada por DJ Ivis e que foi o primeiro a "atacar" o músico após a revelação das acusações a sua ex-mulher.

"Por causa das minhas filhas, fui o primeiro a atacá-lo. Porque de fato queria que ele fosse preso. Mas no dia em que ele foi preso, eu disse: 'Gente, agora é a justiça. Deixa ele pagar'. Muita gente na rua aqui em Fortaleza quer pegar ele na porrada."

"Ele vai pagar e vai pagar caro para isso", continuou Tirulipa. "Mas que ele aprenda a lição e volte transformado. Por que no meu entendimento cristão nós viemos ao mundo para perdoar, para sermos generosos como Jesus foi com a gente."

DJ Ivis permanece preso em uma delegacia de Fortaleza e deve responder a dois inquéritos de lesão corporal. Nesta sexta (16), a Justiça determinou que ele devolva objetos da ex-mulher que estão sob poder dele e o proibiu de vender bens do casal.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS