Diário Online
POLÊMICA

'Lata Velha', de Huck, trouxe prejuízos a oficinas de carro

A brincadeira empolgava diante das câmeras, mas nos bastidores era cada perrengue! Donos de oficinas relatam prazo apertado e orçamento limitado para reformar as "carroças" do programa.

sexta-feira, 03/12/2021, 17:43 - Atualizado em 03/12/2021, 17:56 - Autor: Com informações UOL


O "Lata Velha", foi um quadro de grande sucesso dentro do programa "Caldeirão do Huck"
O "Lata Velha", foi um quadro de grande sucesso dentro do programa "Caldeirão do Huck" | Reprodução/Globo

O "Lata Velha" foi um quadro de grande sucesso dentro do programa "Caldeirão do Huck" e durou mais de uma década na Globo. A atração era uma excelente oportunidade para quem deseja reformar o seu veículo e não tem condições financeiras para isso.

Sabemos o quão caro é qualquer modificação relacionada à veículos. No entanto, o Caldeirão do Huck 2021 fazia isso totalmente de graça aos participantes selecionados

Mas, segundo informações do portal UOL, oficinas relataram prejuízos que tiveram durante reformas feitas em carros para o quadro "Lata Velha" de Luciano Huck. O site ouviu proprietários de duas das mais de cinco oficinas que prestaram serviço a emissora. Eles contaram que tiveram que lidar com questões como prazo apertado e orçamento limitado.

Tarso Marques, que é ex-piloto de Fórmula 1 e proprietário de empresa especializada em customização, fez transformações para o Lata Velha durante cinco anos.

"Já tinha sido convidado para o quadro outras duas vezes, mas não aceitei porque era uma linha totalmente diferente da que eu trabalho. Eu faço carro com cara de carro, não carro alegórico. E essa foi a condição para que eu participasse", – falou.

Veja também!


Tarso disse que carros nos quais passaria mais de um ano trabalhando em sua empresa tinham que ser entregues num período de oito e 15 dias após o início da reforma.

"É um carro que não tem absolutamente nada. É realmente um lixo. A maioria não tem assoalho, tem rato dentro, vocês não têm ideia do estado que o carro chega. É um prazo muito pequeno, um orçamento extremamente apertado, tem coisas que temos que usar de patrocinadores e ainda precisa ser um carro útil para passear, trabalhar, desfilar", – disse ele.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS