Diário Online
TENTATIVA DE LATROCÍNIO

Repórter da TV Globo deixa UTI e faz agradecimento na web

Gabriel Luiz continua internado, mas em leito clínico. Ele foi atingido com 10 facadas.

sábado, 30/04/2022, 09:56 - Atualizado em 30/04/2022, 13:59 - Autor: Com informações de Último Segundo IG

Google News

Segundo a Polícia civil, Gabriel Luiz foi vítima de uma tentativa de latrocínio.
Segundo a Polícia civil, Gabriel Luiz foi vítima de uma tentativa de latrocínio. | Reprodução

Os atentados a jornalistas cresceram 22% no Brasil, no ano passado. Pelo menos 230 profissionais de imprensa foram alvos de violência, segundo a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert). Os números dão uma média de dois ataques por semana.

Repórter da TV Globo que foi esfaqueado volta para a UTI

No último dia 14 de abril, o jornalista Gabriel Luiz, que atua na TV Globo Brasília, foi atacado a golpes de faca, próximo de sua casa. Segundo a polícia, ele foi vítima de uma tentativa de latrocínio.

O jornalista deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Brasília, no Lago Sul, onde está internado. Ele continua o tratamento em um leito clínico.

Gabriel usou as redes sociais para agradecer o apoio e o carinho que tem recebido.

"Oi, pessoal! Aqui é o próprio Gabriel. Queria agradecer o carinho, a torcida e as orações de todo mundo. Vocês não imaginam o tanto que isso faz a diferença! E fico sem palavras com tanto de gente que me quer bem., escreveu no perfil do Twitter.

O jornalista ainda compartilhou como tem sido a recuperação. "E por aqui, tenho voltado pouco a pouco pra rotina de antes. Andando sozinho normalmente, lendo, cantando, jogando dominó e caprichando nos trocadilhos ruins".

Gabriel finalizou a postagem brincando com os seguidores. "Meu foco de hoje é a janta: pizza margherita. Quer coisa melhor? Obrigado a todos. E nos vemos em breve!", publicou.

Investigações

Para a Polícia Civil o caso se trata de uma tentativa de latrocínio contra Gabriel Luiz, socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado em estado grave para o Hospital de Base, na Asa Sull. Foi lá que ele passou por diversas cirurgias antes de ser transferido para a unidade particular.

O crime foi cometido por José Felipe Leite Tunholi e por um adolescente de 17 anos, que está em uma unidade de internação para menores na capital. Os suspeitos aparecem em imagens de câmeras de segurança obtidas pela polícia, que mostram a dupla seguindo Gabriel, momentos antes da abordagem.

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) denunciou José Felipe Leite Tunholi, que confessou ter esfaqueado o jornalista Gabriel Luiz, da TV Globo. O MPDFT o acusa de dois crimes: tentativa de latrocínio, que é assalto seguido de morte, e corrupção de menores, uma vez que teve a ajuda de um adolescente.

Pandemia alterou a forma como o brasileiro percebe o tempo

Segundo a denúncia, o adolescente segurou o jornalista pelo pescoço quando ele voltava para casa, enquanto José Felipe deu as facadas. O adolescente foi apreendido, confessou sua participação. Ainda é necessário concluir algumas diligências e perícias, e novas provas poderão surgir, a partir do pedido de quebra do sigilo do celular de José Felipe.

O MPDFT destacou que um vizinho de Gabriel viu a cena de seu apartamento, começou a gritar e a dizer que estava filmando, e, por isso, os dois fugiram com os pertences do jornalista, descartando-os depois em local próximo. Uma das facadas desferidas por José Felipe atingiu também o adolescente, que precisou ir ao hospital.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS