Diário Online
OS FÃS AGRADECEM

Assassin's Creed no Brasil? Escritor quer história no país

Em entrevista, Alain Mercieca anima fãs brasileiros ao falar que novo jogo precisa se passar no Brasil

segunda-feira, 12/04/2021, 23:00 - Atualizado em 13/04/2021, 19:02 - Autor: Kaio Rodrigues/DOL


Assassin's Creed é um franquia com 12 títulos e  conta com milhares de fãs ao redor do mundo
Assassin's Creed é um franquia com 12 títulos e conta com milhares de fãs ao redor do mundo | Divulgação Ubisoft

Você que é fã de videogame tem por obrigação conhecer a tão renomada franquia de Assassin’s Creed. A série de jogos eletrônicos surgiu no ano de 2007 e conta com 12 títulos já lançados para plataformas como Xbox, Playstation e PC.

Nas histórias, o foco central mostra a rivalidade entre duas sociedades secretas ancestrais: os Assassinos, que desejam a paz através do livre arbítrio, e os Templários, que têm o objetivo de dominar o mundo e impor a ordem para que haja "paz" na humanidade. (Quem gosta dos Templários possui desvio de caráter, hein?!)

O último título lançado para os fãs foi Assassin’s Creed Valhalla, do escritor Alain Mercieca e desenvolvido pela Ubisoft Montreal. O jogo mostrar Eivor, um guerreiro Viking durante as invasões no século IX. E, sim! Os Templários estavam por lá.

 

Alain Mercieca falou sobre o período dos Incas até aos conquistadores espanhóis e que um novo jogo precisa se passar no Brasil
Alain Mercieca falou sobre o período dos Incas até aos conquistadores espanhóis e que um novo jogo precisa se passar no Brasil Foto: Fadom Assassin's Creed
 

Alain Mercieca disse em entrevista ao site The Gamer que está interessado em explorar a rica cultura da América do Sul, em especial a região do Brasil.

"Numa escala maior, sinto que existe uma rica cultura de tapeçaria na América do Sul que a série ainda não explorou completamente," disse o escritor. "Desde os Incas até aos conquistadores espanhóis, é um período fascinante. Embora Black Flag (um dos jogos mais aclamados da franquia pelos fãs) tenha roçado um pouco nisso, estou sentindo que um novo jogo precisa se passar no Brasil"., comentou

 

Assassin1s Creed Black Flag foi quem mais se aproximou do que o escritor pensa em explorar em novo jogo na América do Sul
Assassin1s Creed Black Flag foi quem mais se aproximou do que o escritor pensa em explorar em novo jogo na América do Sul Foto: Divulgação Ubisoft
 

Aos fãs, como eu, vamos aguardar e lembre-se: Nada é verdade, tudo é permitido!

Dizer que nada é verdade, significa que as fundações da sociedade são frágeis e que devemos ser os pastores da nossa própria civilização. Dizer que tudo é permitido, é entender que somos os arquitetos de nossas ações e que devemos viver com as consequências, sejam elas gloriosas ou trágicas. Já explicava o maior Assassino de todos, Ezio Auditore da Firenze.


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS