Esporte / Esporte Brasil
ELIMINADOS

Vôlei de praia fica sem medalhas pela 1ª vez na história

Alison e Álvaro Filho eram os únicos brasileiros com chances de medalha, mas caíram para a Letônia por 2 sets a 0

terça-feira, 03/08/2021, 23:22 - Atualizado em 03/08/2021, 23:22 - Autor: Kaio Rodrigues


Alisson e Álvaro Filho caíram nas quartas de final do vôlei de praia masculino.
Alisson e Álvaro Filho caíram nas quartas de final do vôlei de praia masculino. | (Foto: Volleyball World)

Tradição, peso e respeito. Essas três palavras definem muito bem a camisa verde e amarelo do Brasil em várias modalidades olímpicas, entre elas, o vôlei de praia, um dos esportes em que o nosso país é um dos maiores vencedores. Contudo, pela primeira vez, a história poderia mudar, e mudou.

Os brasileiros Alison e Álvaro Filho foram eliminados no vôlei de praia pelos letões Martin Plavins e Edgar Tocs por 2 a 0, com parciais de 21/16 e 21/19, e deram adeus às Olimpíadas de Tóquio 2020. Com o resultado, o Brasil sai sem nenhuma medalha, levando em consideração tanto a categoria masculina, quanto a feminina.

Ana Marcela conquista ouro na maratona aquática feminina

Antes de Alison e Álvaro serem derrotados, Bruno e Evandro tinham saído nas oitavas de final, assim como a dupla Ágatha e Duda. Ana Patrícia e Rebecca pararam nas quartas. Ao longo das narrativas, o país canarinho conquistou 13 medalhas, tendo o título de quem mais vezes foi ao pódio na modalidade. Se somarmos todas as edições, pelo menos duas medalhas eram conquistadas pelas duplas.

Os adversários da semifinal dos letões serão os noruegueses Anders Mors e Christian Sorum, campeões do Circuito Mundial de 2018 e 2019 e um dos principais favoritos ao pódio no Japão.

COMO FOI O JOGO?

Ansiedade e impaciência foram dois dos ingredientes que se traduziram em erros demasiados entre os brasileiros Alisson e Álvaro. Desde o primeiro set, a dupla demonstrou que poderia ficar de fora das semifinais apresentando um voleibol abaixo do esperado.

Muitas bolas foras e pouco entusiasmo de ambos deixaram os letões a vontade e o último ponto, após uma breve reação, foi um toque na rede de Alisson, o bloqueador do Brasil.

Sem a vitória, os brasileiros voltam pra casa. Alisson ainda tem poucas horas para comemorar o fato de ainda ser o atual campeão do mundo, feito conquistado em 2016 em casa, no Rio de Janeiro, ao lado de Bruno Schimidt.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS