Diário Online
Esporte / Esporte Brasil
PRA CIMA, ÁGUIA!

Série D: Tuna precisa vencer Fluminense-PI para seguir viva

Na lanterna, a Tuna tentar marcar seus primeiros pontos na Série D contra o Fluminense do Piauí, líder do Grupo A2 da competição.

sábado, 07/05/2022, 08:20 - Atualizado em 07/05/2022, 08:19 - Autor: Nildo Lima

Google News

Imagem ilustrativa da notícia: Série D: Tuna precisa vencer Fluminense-PI para seguir viva
| Reprodução / Instagram Paysandu

Lanterna do Grupo A2 da Série D do Brasileiro, com zero ponto, a Tuna Luso tenta, hoje, mais uma vez, a sua reabilitação na competição, após sofrer três derrotas, curiosamente todas com três gols marcados pelos oponentes. O adversário representa uma “pedreira”: o Fluminense-PI, que até antes do começo da 4ª rodada ocupava a liderança da chave, com sete pontos. A Lusa vai a campo, às 15h, no Souza, contando com a volta do atacante Paulo Rangel, que não pôde enfrentar o Juventude-MA por estar lesionado.

Recuperado da contusão, Rangel é a principal referência ofensiva da Lusa, tendo nos ombros a responsabilidade de balançar a rede do tricolor nordestino. A missão não chega a ser tão espinhosa para o jogador, de 37 anos, embora ele ainda não tenha conseguido fazer gol no Brasileiro, passando em branco nos jogos contra o Tocantinópolis-TO, 4 de Julho-PI e Juventude. Mas, PR-9, como é apelidado o atacante, tem crédito de sobra com a torcida tunante, visto que desde 2020 tem sido o principal goleador da equipe. Nas três temporadas, o artilheiro já marcou 21 gols, todos pelo Parazão da 1ª e 2ª divisões.

Mas, se a Lusa conta com o retorno de seu principal “matador”, o Fluminense dispõe, também, de uma arma que tem sido letal em seu ataque e que atende pelo nome de Mário Sérgio. O jogador, de 26 anos, conta com 21 tentos em 23 partidas com a camisa do Tricolor. Com o bom aproveitamento que vem tendo na temporada, o atacante baiano, que é o principal goleador do futebol brasileiro no momento, já desperta a cobiça de outras equipes. Entre os clubes interessados estariam o Cuiabá-MT e a Chapecoense-SC, que disputam as Séries A e B do Brasileiro. Mas, o presidente de honra do Flu, empresário João Vicente Claudino, segura o atleta no clube.

JOSUÉ TEIXEIRA

A partida será a segunda do técnico Josué Teixeira à frente da Tuna. Em sua estreia, com pouco tempo para implantar sua metodologia de jogo, a equipe paraense caiu, por 3 a 0, jogando no Piauí. O treinador deve botar em campo Victor Lube; Léo Rosa, Admilton, Romário e Edinaldo; Kauê, Alysson Kaique e Lukinhas; Jayme e Paulo Rangel. A arbitragem será de Valdicleuson Silva da Costa (AP)

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS