Diário Online
Esporte / Esporte Brasil
RAPOSA NA CABEÇA

Fora de casa, Cruzeiro vence o Náutico e lidera a Série B

O time mineiro enfim está dando mostras de que pode retornar à Série A

domingo, 15/05/2022, 20:49 - Atualizado em 15/05/2022, 20:47 - Autor: Agência Futebol Interior

Google News

Cruzeiro derrota o Náutico nos Aflitos e lidera a Série B
Cruzeiro derrota o Náutico nos Aflitos e lidera a Série B | Divulgação

O Cruzeiro é o novo líder da Série B do Campeonato Brasileiro. O time celeste assumiu a primeira posição ao derrotar o Náutico por 1 a 0, na tarde deste domingo, no estádio dos Aflitos, pela sétima rodada. De quebra, aumentou a invencibilidade diante do rival.

A equipe mineira não perde do Náutico há 13 anos. Neste período, eles se enfrentaram em dez jogos, com seis vitórias e quatro empates. O último triunfo do time pernambucano foi em 2009, por 2 a 0, na Série A do Brasileiro.

A quarta vitória consecutiva, todas sem sofrer gols, colocou o Cruzeiro na liderança, com 16 pontos, dois a mais do que o Sport, em segundo.  Já o Náutico ficou na 15ª posição, com sete, próximo da zona de rebaixamento.


RAPOSA NA FRENTE

O Náutico começou o jogo dando a entender que atrapalharia a ambição do Cruzeiro de chegar na liderança da Série B. Logo de cara, Aílton arriscou de longe para defesa de Rafael Cabral. O goleiro celeste, mais tarde, protagonizou um milagre em arremate de Amarildo, à queima-roupa. 

Mas foi só. O Cruzeiro cresceu, dominou o Náutico por completo e mostrou que era uma questão de tempo para abrir o marcador. Com a posse de bola, o time mineiro foi desperdiçando uma oportunidade atrás da outra. Em uma delas, Perri salvou em chute de Daniel Júnior.

Cruzeiro derrota o Náutico

Após tanto insistir, o Cruzeiro abriu o placar aos 38 minutos. Willian Oliveira saiu na frente de Lucas Perri e deu um belo toque por cima para fazer 1 a 0. O time celeste ainda poderia ter feito mais, mas pecou muito nas finalizações.


NA PONTA!

No segundo tempo, o Náutico pouco criou, as exceções foram as bolas paradas de Jean Carlos, mas Rafael Cabral não deu chance para o azar e fechou o gol. De resto, o Cruzeiro, com tranquilidade, não tinha pressa e parecia já ter o resultado nas mãos.

Com o passar do tempo, os jogadores do Cruzeiro mostraram desgaste físico. O jeito foi recuar, mas acabou dando campo ao Náutico. O time pernambucano ainda tentou pressionar, mas não encontrou espaço para furar a marcação do rival e acabou sendo derrotado nos Aflitos.

PRÓXIMOS JOGOS

Na próxima rodada, o Náutico enfrenta o CSA na quinta-feira, às 21h30, no estádio dos Aflitos, em Recife (PE). No domingo, às 11h, o Cruzeiro recebe o Sampaio Corrêa, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS