plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 26°
cotação atual R$


home
CONTROVERSO

VAR no Brasil acumula erros, polêmicas e revoltas. Veja!

Último erro grotesco aconteceu na partida entre Palmeiras e Vasco, onde anularam um gol do Gigante da Colina após uma nova jogada se iniciar; E a CBF segue fazendo vista grossa

Imagem ilustrativa da notícia VAR no Brasil acumula erros, polêmicas e revoltas. Veja! camera VAR prejudicou o Vasco na última rodada do Brasileirão | Reprodução/Premiere

A atuação do árbitro de vídeo no país rende críticas desde que foi implementada no Brasileiro, em 2019. Neste ano, a tecnologia do VAR já protagonizou momentos polêmicos nos campeonatos nacionais, seja por sua omissão ou pela interferência em lances duvidosos.

A reportagem cita abaixo algumas das principais decisões que repercutiram nos últimos meses. As jogadas vão desde impedimentos milimétricos a pênaltis controversos e pinturas anuladas.

GOLAÇO INVALIDADO EM PALMEIRAS X VASCO

O caso mais recente foi o do gol de fora da área de Paulinho, do Vasco, que foi anulado no Allianz Parque no último domingo (27). O lance ocorreu aos 15 minutos do primeiro tempo, quando a partida ainda estava empatada sem gols.

O tento não foi válido porque o VAR acusou impedimento de Vegetti no início da jogada. A polêmica existiu pela interferência do árbitro de vídeo no lance que poderia ser interpretado como uma nova jogada.

MAL ANULADO! VASCO SAI PREJUDICAR APÓS GOL MAL ANULADO POR IMPEDIMENTO PELO VAR CONTRA O PALMEIRAS!No jogo entre Palmeiras 1 x 0 Vasco, o comentarista de arb... NyAl K9

POSSÍVEL TOQUE DE MÃO NO MAJESTOSO

O gol da classificação do São Paulo sobre o Corinthians, pela semifinal da Copa do Brasil, também resultou em polêmica. O Tricolor venceu por 2 a 0 em 16 de agosto e confirmou a vaga na final do torneio.

Torcedores do Alvinegro ficaram na bronca de que a bola teria batido no braço de Lucas e que o VAR não viu. A equipe de arbitragem da CBF fez a checagem no momento, constatou que não houve infração e nem sequer considerou que foi uma jogada polêmica.

PÊNALTI EM FLAMENGO X GRÊMIO

A outra partida da semifinal da Copa do Brasil foi outra que ficou marcada pelo VAR. No jogo de volta, disputado no Maracanã, o Flamengo tinha a vantagem de ter vencido o Grêmio por 2 a 0 no primeiro confronto, fora de casa.
O Flamengo teve um pênalti a favor por toque no braço de Rodrigo Ely, que "saltou com o braço aberto", na interpretação do árbitro de vídeo. Arrascaeta converteu a cobrança e confirmou a classificação do Rubro-Negro, enquanto o técnico Renato Gaúcho disparou contra a CBF.

PÊNALTIS A FAVOR DO CUIABÁ

O Dourado bateu o São Paulo em jogo com dois pênaltis assinalados depois da intervenção do VAR, no Brasileiro, em 22 de julho.

O árbitro não marcou em campo nenhum dos dois lances, mas mudou a decisão após a revisão. Deyverson chegou a desperdiçar a primeira cobrança, mas a equipe saiu vitoriosa por 2 a 1.

GOLS ANULADOS NO FLA-FLU

Tanto o Flamengo quanto o Fluminense tiveram gols anulados após atuação da tecnologia no clássico pelo Brasileiro, em 16 de julho. Em ambos os lances, o árbitro chegou a validar o tento em campo, mas voltou atrás após ser chamado pelo árbitro de vídeo.

Além disso, cada um dos times reclamou de um pênalti não marcado no duelo, que o árbitro não assinalou nem foi chamado pelo VAR para revisar.

IMPEDIMENTO MILIMÉTRICO DE GABIGOL

O Flamengo teve um gol anulado por impedimento no limite contra o Athletico, pela Copa do Brasil, em 12 de julho. Mesmo assim, o time rubro-negro bateu o adversário por 2 a 0, na Ligga Arena, e avançou no torneio.

Gabigol chegou a balançar a rede, mas o VAR traço a linha de impedimento e acusou infração milimétrica. A decisão viralizou e o presidente da comissão de arbitragem da CBF, Wilson Seneme, corroborou a decisão afirmando que "o corpo inclinado tem uma tendência a enganar o visual".

PÊNALTI NÃO MARCADO PARA O PALMEIRAS

O clube alviverde questionou uma possível penalidade no clássico contra o São Paulo, pela Copa do Brasil, em 5 de julho. O time tricolor venceu os dois jogos e eliminou o rival no torneio.

O árbitro não viu toque no braço de Pablo Maia e também não foi acionado pelo árbitro de vídeo. Nas redes sociais, o Palmeiras ironizou: "E o VAR?" -a reclamação ocorreu após uma semana quente nos bastidores entre o clube a CBF.

PINTURA DE BICICLETA ANULADA

O palmeirense Rony teve um gol de bicicleta anulado no empate com o Atlético-MG, pelo Brasileiro, em 28 de maio. O atacante foi lançado em velocidade, dominou de cabeça entre os zagueiros adversários e emendou um chute de bicicleta, encobrindo o goleiro.

O tento, porém, foi anulado após revisão do VAR. A arbitragem de vídeo entendeu que Rony estava em posição irregular no início da jogada e foi alvo de reclamações do próprio Rony e do Palmeiras.

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Esporte Brasil

Leia mais notícias de Esporte Brasil. Clique aqui!

Últimas Notícias