plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 33°
cotação atual R$


home
PEGOU, TIGRE

Criciúma vence e tira Botafogo da liderança do Brasileirão

Tigre Catarinense vence e impede a liderança do Botafogo, que pode cair na tabela de classificação.

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Criciúma vence e tira Botafogo da liderança do Brasileirão camera Criciúma fez alegria da torcida ao vencer o Botafogo em casa | Reprodução / X

O Botafogo sonhava em recuperar a liderança do Campeonato Brasileiro 2024, mas o que era sonho virou pesadelo para a equipe da Estrela Solitária.

A 11ª rodada do Campeonato Brasileiro foi aberta, neste sábado (22), com um grande confronto no Estádio Heriberto Hulse, em que o Criciúma surpreendeu e venceu o Botafogo por 2 a 1. O time catarinense impediu a liderança do adversário e conquistou sua primeira vitória em casa na competição.

No primeiro tempo, o Tigre abriu o placar aos 9 minutos com gol marcado por Barreto, de cabeça. Mas na segunda etapa, também aos 9, em outra cabeçada, foi a vez de Lucas Halter marcar para o Glorioso. Na reta final, Arthur Caíke marcou o gol da vitória dos catarinenses aos 38 do segundo tempo.

Com o resultado, na classificação, o Criciúma vai a 12 pontos, provisoriamente no 13º lugar, ainda que com dois jogos a menos, enquanto o Botafogo, por sua vez, fica nos 20 pontos, por enquanto na 3ª posição, e podendo cair pela tabela ao longo da rodada.

Quer saber mais de esporte? Acesse o canal do DOL no Whatsapp

Na próxima rodada, no meio de semana, na quarta-feira (26), às 19h (horário de Brasília), o Botafogo recebe o Red Bull Bragantino, enquanto o Criciúma, por sua vez, viaja para jogar na quinta-feira (27), às 20h, diante do São Paulo, no MorumBIS.

O JOGO

Mesmo com a partida na casa dos catarinenses, o time comandado por Artur Jorge assumiu nos minutos iniciais uma postura de tomar mais iniciativas com a posse de bola, enquanto a equipe de Cláudio Tencati optou por esperar mais o adversário em um primeiro momento. Mas logo, rapidamente, a situação se inverteu.

Com poucos minutos, o Criciúma foi objetivo no que queria, e aos 9 minutos, deu um golpe forte aos cariocas se colocando na frente do marcador, na primeira jogada de real perigo da partida, com Ronald cruzando a bola na cabeça de Barreto para abrir o placar para o time carvoeiro.

O gol animou o Tigre, que passou a querer mais com o jogo e a criar chances, mas a princípio não resultou em mudanças no estilo de jogo do time carioca, que procurava trabalhar mais a bola de forma pausada e paciente, enquanto os carvoeiros tentavam jogadas com um pouco mais de velocidade, e efetividade, como até chegaram a ter no gol de Matheusinho, que foi anulado por falta na jogada.

A situação fez com que basicamente o técnico português Artur Jorge mudasse a equipe alvinegra no intervalo com três substituições. E uma delas, logo deu resultado, mas curiosamente, a menos ofensiva: em um escanteio cobrado por Óscar Romero, Lucas Halter testou firme pra empatar o jogo.

A partir do tento de empate alvinegro, os cariocas tentaram chamar os catarinenses para o seu campo, mas, embora o Criciúma ameaçasse pouco o gol defendido por John, o Botafogo não conseguia sair da sua defesa e criar mais, com um sistema de Cláudio Tencati que impedia jogadas em campo aberto dos atacantes do Glorioso.

Em um jogo de poucos espaços, era de se esperar poucas chances concretas na segunda etapa. Bastava ser efetivo, feito que o Criciúma conseguiu em sua melhor chance, aos 38, quando Arthur Caíke recebeu cara a cara com o goleiro e não desperdiçou para colocar o Tigre na frente. E o que o Bota não conseguiu aos 41, em cabeçada de Eduardo que foi por cima do gol, e que explica a vitória carvoeira.

GOLS E DESTAQUES

Barreto abre o placar (1x0): Aos 9 minutos, com o Tigre no ataque, em jogada pelo lado direito, Ronald pedalou pra cima de Cuiabano e cruzou na área, e o meio-campista Barreto, curiosamente ex-alvinegro, se posicionou bem na área e aplicou a "lei do ex" com uma cabeçada fulminante, sem chances para o goleiro John.

Gol anulado do Criciúma: Aos 30 minutos, em um lance de saída de bola de Gregore, ele divide com o meia Barreto, que puxa sua camisa, e logo, o volante alvinegro cai. A jogada continua, e Matheusinho dribla o zagueiro alvinegro e chega a marcar. Mas o árbitro de vídeo Wagner Reway chama Luiz Flávio de Oliveira para a revisão da jogada, e logo, o árbitro de campo anula o gol carvoeiro.

Óscar Romero arrisca: A melhor chance do Glorioso na primeira etapa foi aos 35 minutos, quando em cobrança de falta de Óscar Romero, Gustavo se esticou todo para fazer a defesa de manchete.

Bolasie cria sua chance: Aos 43 minutos, o congolês é acionado pelo lado direito, ele corta pra dentro e tenta a finalização, mas a bola passa perto e à esquerda do gol defendido por John.

Lucas Halter empata (1x1): Aos 9 do segundo tempo, na primeira grande chance da etapa complementar, Óscar Romero cobra o escanteio da direita na primeira trave, o zagueiro Lucas Halter, que entrara havia pouco tempo, cabeceou, e a bola foi no ângulo esquerdo, sem chances para Gustavo, igualando o jogo.

Arthur Caíke tenta: Aos 13 minutos, o atacante havia acabado de entrar no lugar de Eder, e tentou sua primeira finalização de fora da área, em chute que passou longe do gol de John.

Arthur Caíke marca (2x1): Após erro de passe no ataque do Botafogo, Claudinho se apresenta pelo meio e arranca, vê Arthur Caíke passar livre entre os zagueiros alvinegros, e o lança. O atacante recebe, invade a área, e toca na saída de John para colocar o Criciúma na frente.

Eduardo tenta: Em nova chance na bola parada, aos 41, foi a vez do camisa 33 alvinegro cabecear um escanteio cobrado por Hugo, mas a bola foi por cima do gol.

Novo gol anulado do Criciúma: Aos 49, Allano recebe entre os zagueiros alvinegros uma bola longa da defesa do Tigre, invade a meia-lua e chuta forte. Ele comemora, chega a tirar a camisa, mas o gol foi anulado pela arbitragem por impedimento.

Eduardo desperdiça última chance: Aos 51, em outro cruzamento na área por parte do Botafogo, mais uma vez Hugo levanta a bola na área, e Eduardo cabeceia novamente, ganhando no alto dos zagueiros carvoeiros, mas testando por cima do gol.

Ficha técnica

Criciúma 2 x 1 Botafogo

CRICIÚMA

Gustavo; Jonathan (Claudinho), Rodrigo, Tobias Figueiredo, Marcelo Hermes; Barreto, Ronald Lopes (Marquinhos Gabriel), Matheusinho (Fellipe Mateus); Bolasie (Allano), Eder (Arthur Caíke), Trauco. Técnico: Claudio Tencati

BOTAFOGO

John; Mateo Ponte (Damián Suárez), Bastos, Barboza (Lucas Halter), Cuiabano (Hugo); Gregore, Tchê Tchê, Óscar Romero; Luiz Henrique (Eduardo), Tiquinho Soares (Diego Hernández), Júnior Santos. Técnico: Artur Jorge

Estádio: Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)

Juiz: Luiz Flavio de Oliveira (SP)

Assistentes: Amanda Matias Masseira (SP) e Douglas Schwengber (RS)

VAR: Wagner Reway (FIFA/ES)

Cartões amarelos: Barboza, Tobias Figueiredo, Gregore, Óscar Romero, Allano, Claudinho, Gustavo

Gols: Barreto, aos 9min do primeiro tempo, e Arthur Caíke, aos 38min do segundo tempo (Criciúma); Lucas Halter, aos 9min do segundo tempo (Botafogo)

E MAIS

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Esporte Brasil

    Leia mais notícias de Esporte Brasil. Clique aqui!

    Últimas Notícias