Esporte / Esporte Pará
CRIA DA BASE

Clube do Remo: Kevem vira alternativa caseira para a zaga

O zagueiro Kevem teve oportunidade no time titular após se recuperar de lesão e sua atuação foi aprovada. Será que os problemas defensivos do Leão vão chegar ao fim?

domingo, 25/04/2021, 11:28 - Atualizado em 25/04/2021, 11:26 - Autor: Matheus MIranda


Kevem tem contrato até o fim do Parazão e quer mostrar que é capaz de integrar o grupo na Segundona
Kevem tem contrato até o fim do Parazão e quer mostrar que é capaz de integrar o grupo na Segundona | Samara Miranda/Remo

Encontrar em casa uma opção para melhorar é sempre prazeroso. Dedicação, treinamentos e confiança, são adjetivos para o sucesso no futebol. E mesmo que as oportunidades demorem a aparecer, elas chegam!

Na última partida do Clube do Remo, válida pela penúltima rodada do Campeonato Paraense, no Baenão, contra o Castanhal, a equipe azulina voltou a vencer, encerrando uma sequência de três empates. O triunfo sobre o Japiim, por 2 a 1, contudo, não foi a única sinalização positiva para o Leão Azul no confronto do meio da semana, que contou, também, com um alento a uma das principais limitações da equipe: o sistema defensivo. Depois de um longo tempo afastado em recuperação de lesão, o zagueiro Kevem, cria da base, fez a sua estreia nesta temporada com uma boa apresentação, o que o coloca como opção na vaga de Fredson, que tem sido contestado pela oscilação na posição neste início de ano.

Em lances seguros lá na zaga e com oportunidade até de ter marcado um gol no compromisso, o atleta foi aprovado tanto pelos responsáveis da equipe profissional quanto pela torcida. Feliz pelo retorno, ele comemora o momento. “Foi muito importante, pois depois de um mês e meio parado por causa de lesões tive a felicidade de voltar. Vim trabalhando bastante durante esses meses para que eu pudesse voltar o mais rápido possível e graças a Deus pude entrar contra o Castanhal e fazer uma bela partida para ajudar a minha equipe com a vitória”, disse o zagueiro.

A boa apresentação do jogador aconteceu no momento certo, já que o seu vínculo com o Leão Azul encerra ao final da competição estadual. Sobre isso, Kevem espera ser um dos pilares nessa reformulação da equipe, com foco no setor defensivo. “A gente tem contrato até o final do Paraense, não sei o que pode acontecer depois. É trabalhar e concentrar primeiramente no Parazão. Depois vamos sentar e conversar direitinho o que pode acontecer daqui para frente”, destaca.

Até por isso, Kevem esbanjou confiança em seguir atendendo aos pedidos da comissão técnica com foco total em uma vaga na onzena principal da equipe. “Qualquer um de nós quer manter a titularidade, claro, respeitando todos os nossos colegas de posição. Mas a gente trabalha para isso. Pelo jogo que fiz na quarta-feira (28) contra o Castanhal, espero estar na titularidade contra o Paragominas”, credenciou-se o zagueiro.

Evolução do atleta é esperada

Aos poucos, a equipe do Clube do Remo tem apresentado um encaixe cada vez melhor e de forma segura nos gramados. O duelo passado contra o Castanhal, por sinal, demonstrou bem a compactação da equipe, que atuou de maneira madura mesmo com um jogador a menos durante mais de um tempo de jogo. Nesse sentido, a escalação do zagueiro Kevem, para muitos, caiu como uma luva no sistema técnico da equipe, no suporte para a manutenção do placar de 2 a 1. Ele teve atuação interessante, especialmente pelo lado direito do campo.

 

A opção pelo zagueiro Kevem para a defesa remista foi bem avaliada pela torcida, não somente pela postura madura do jogador no compromisso passado da equipe, contra o Castanhal, mas também pela baixa produtividade das opções imediatas para a posição - no caso, os zagueiros Fredson e Mimica.
A opção pelo zagueiro Kevem para a defesa remista foi bem avaliada pela torcida, não somente pela postura madura do jogador no compromisso passado da equipe, contra o Castanhal, mas também pela baixa produtividade das opções imediatas para a posição - no caso, os zagueiros Fredson e Mimica. | Samara Miranda/Remo
 


A expectativa é de que o jogador mantenha vaga como titular da zaga para o compromisso contra o Paragominas, para a equipe poder evoluir tática e tecnicamente, e, individualmente, pela ‘minutagem’ necessária que o atleta necessita para ganhar condicionamento e ritmo de jogo. O técnico Paulo Bonamigo respalda essa possibilidade ao mostrar-se feliz pela atuação do seu atleta na última rodada.

“Foi um teste bom para o sistema defensivo. Fico feliz que o Kevem voltou bem. Isso gera uma expectativa muito boa. Ele ainda não está 100% na sua condição física. Foi um teste bom, principalmente com um jogador a menos”, disse o comandante. Sobre a sua melhor condição, o zagueiro comentou. “Infelizmente quando cheguei em Portugal senti algumas lesões que me atrapalharam. Ainda não estou 100%, mas creio que na próxima semana eu já esteja 100%”, projeta.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS