Diário Online
Esporte / Esporte Pará
FOCADOS

Técnico da Tuna diz que título será "cereja do bolo" de 2021

Robson Melo quer equipe altamente concentrada, como foi contra Remo e diz que precisam aumentar a margem de acertos em jogos contra o Paysandu, na final do Campeonato Paraense.

quinta-feira, 13/05/2021, 23:52 - Atualizado em 13/05/2021, 23:56 - Autor: Kaio Rodrigues/DOL


Robson Melo é o principal líder cruzmaltino na campanha deste ano.
Robson Melo é o principal líder cruzmaltino na campanha deste ano. | Matheus Vieira/Tuna.

Grande líder da Tuna Luso, o técnico Robson Melo vive o melhor momento da carreira no clube cruzmaltino e tudo começou no final de 2020, quando conquistou o acesso à elite do Campeonato Paraense e o título do torneio. Agora, com vaga garantida na final do Parazão contra o Paysandu, o treinador elogiou o grupo tunante e disse que conquista do título é a “cereja do bolo” que falta para o clube na temporada.

Volante elogia espírito da Tuna e projeta final contra Papão

Veja as fotos: Tuna bate o Remo e vai à final do Paraense

“Conseguimos moldar o grupo que estava na Segundinha. Foi dado sequência na primeira divisão e conseguimos montar um elenco mais qualificado e competitivo. Sabíamos que não seria fácil, por estarmos subindo da segunda divisão e estar se achando na elite novamente. Tínhamos metas a serem batidas e batemos. Agora é buscar a cereja do bolo, que é o título. Não tem como pensar diferente. Deixaram a gente sonhar. Eu estou confiante que vamos fazer um grande papel e dar nosso melhor na decisão”, comentou.

Em caso de título, a Tuna, que não vence o Parazão desde 1988, irá derrotar a dupla RexPa em sequência e coroar o ano de 2021. Para Robson, os cruzmaltinos desbancaram o “sistema” promovido para ter o clássico entre Leão e Papão na final, elogia o Paysandu e diz que bicolores são os grandes favoritos na decisão.

“Sabemos que o Paysandu é grande, é um gigante, é favorito, mas nós já derrubamos o Remo dentro do Baenão, mesmo que tenha sido decidido nos pênaltis. Corremos dobrados, concentramos acima do nível. Lutamos contra uma situação que foi criada para dar RexPa na final, sabemos disso. Mas mudamos um pouco a história do futebol paraense e a retórica”, disse.

O treinador, que também garantiu vaga na Série D e Copa do Brasil 2022, voltou a falar sobre a boa partida feita contra o Clube do Remo, que mostrou o poder que a Tuna Luso tem neste campeonato, ao vencer o único invicto e líder geral da competição na fase classificatória. Para o embate contra o Paysandu, o técnico diz que equipe precisa manter nível de concentração e aumentar os acertos.

“Do jeito que construímos essa classificação contra o Remo, o time que teve a invencibilidade, que fez por merecer ser líder da classificação geral e, na minha opinião tem o time mais qualificado de todos, mostra que chegamos fortes também. Estamos com o ataque em um momento positivo, vínhamos tendo jogos consistentes e acreditamos sempre que podíamos chegar à final. Sabemos que contra o Paysandu é uma nova história, é um grande, tem suas qualidades, vai disputar uma Série C de Brasileiro e nós vamos precisar manter o nível de concentração e aumentar ainda mais a margem de acerto”, finalizou.

Tuna e Paysandu decidem o Campeonato Paraense 2021. As partidas estão marcadas para acontecer nos próximos domingos, dia 16 e 23 de maio, nos Estádios do Souza (10h) e Curuzu (17h), respectivamente. O Papão tenta o 49º troféu e o bicampeonato, enquanto que a Águia quer terminar um jejum que já dura 32 anos.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS