Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
PÁGINA VIRADA

Neto Pessoa fala sobre recuperação do Remo após dor da queda

Neto Pessoa marcou 10 gols em 13 jogos com a camisa do Leão Azul e projeta final contra o Vila Nova

terça-feira, 07/12/2021, 21:11 - Atualizado em 07/12/2021, 22:42 - Autor: Kaio Rodrigues


Neto Pessoa marcou nove vezes em quatro jogos da Copa Verde
Neto Pessoa marcou nove vezes em quatro jogos da Copa Verde | Samara Miranda/Remo

Neto Pessoa caiu nas graças do torcedor azulino nesta reta final de temporada, principalmente por ter mostrado o faro de artilheiro na Copa Verde e ser um dos poucos que lutaram para evitar o rebaixamento do clube na Série B do Brasileiro.

O atacante de 27 anos possui 10 gols em 13 jogos pelo Leão. Destes, nove foram na competição regional, sendo quatro contra o Paysandu. O jogador falou sobre a queda e da resposta que os azulinos conseguiram dar logo em seguida.

Vingança! Remo vai com sangue nos olhos por título inédito

“O rebaixamento doeu muito. Acredito que tenha sido a última contratação feita pelo clube, mas senti muito e imaginei a dor dos meus companheiros que estão há bastante tempo. Ainda mais que no jogo eu tive uma bola e fiz o gol. Na minha concepção, foi um gol mal anulado. Acho que o Klaus poderia ter consultado o VAR. Isso doeu bastante. Depois teve a questão de recuperar a parte psicológico em uma semifinal contra o Paysandu. Futebol é isso. Ele te dá a oportunidade de ressurgir. Graças a Deus a equipe ganhou um novo ânimo com a Copa Verde e vejo nosso time com mais ânimo, mais fortalecido para uma decisão de título que vale muito para a nossa torcida e para o clube”, destacou.

O centroavante azulino já disputou 542 minutos pelo Clube de Periçá e leva 60 minutos e 22 segundos para ir às redes. O próximo desafio será contra o Vila Nova, algoz azulino na final da Terceirona da temporada passada e na Segundona, onde venceu todos os quatro jogos. Neto vê cenários distintos e quer os azulinos com atenção redobrada.

“São cenários totalmente distintos de quando encontramos eles na Série B. Vejo duas equipes modificadas. Houve entrada e saída de jogadores e isso modifica um pouco a história. Creio que o Vila irá adotar o mesmo esquema que adotou contra nossa equipe na Segunda Divisão. São competições diferentes, tem a questão de ser final e, por si só, isso já muda bastante as coisas. Temos que ter atenção. Precisamos redobrar esse fator e ter cuidado com a marcação. Sabemos que por conta deles jogarem em casa, vão querer se impor. Se suportarmos os 15 primeiros minutos de pressão, temos tudo para fazer um grande jogo, encarando o Vila Nova de igual para igual", finalizou.

Vila Nova e Remo se encaram no primeiro jogo da final da Copa Verde nesta quarta-feira (8), em Goiânia, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, conhecido como OBA. O confronto está marcado para começar às 20h. A partida da volta está agendada para o próximo sábado (11), às 17h, no Estádio Evandro Almeida, o Baenão, em Belém. O DOL acompanha ambos os confrontos!

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS