Diário Online
Esporte / Esporte Pará
CARA NOVA

Curuzu terá novos camarotes e cabines de imprensa

De acordo com o presidente Mauricio Ettinger, os novos espaços irão aumentar em aproximadamente R$ 200 mil as receitas do clube.

segunda-feira, 10/01/2022, 18:51 - Atualizado em 10/01/2022, 18:51 - Autor: Magno Fernandes


O novo setor de cabines de imprensa já começou a ser construído
O novo setor de cabines de imprensa já começou a ser construído | Vitor Castelo/Ascom Paysandu

A temporada de 2022 já começou. Embora ainda restem pouco menos de 20 dias para a estreia do Paysandu no Campeonato Paraense, o Estádio da Curuzu já começa a receber estratégicos e pontuais reparos em sua estrutura para aumentar, ampliar e modernizar o seu setor de camarotes e também as cabines destinadas aos profissionais de imprensa.

Com estreia marcada no Campeonato Paraense para o dia 26 de janeiro, às 20h, contra a equipe do Bragantino, diante do seu torcedor, no famoso "caldeirão alviceleste", o Paysandu deverá inaugurar as novas cabines e também ampliar o seu setor de camarotes de 20 para 30 lugares. De acordo com o presidente do clube, Mauricio Ettinger, as instalações serão benéficas para todos.

“Temos a chance de ampliar as receitas do clube em aproximadamente R$ 200 mil anuais, já que vamos ganhar um novo espaço para comercializar depois da ampliação. Nosso camarote será ampliado e ocupará toda a extensão superior da arquibancada central, de uma ponta a outra. Já as cabines de imprensa ficarão em uma área um pouco abaixo, totalmente climatizada, com muito mais conforto”, explicou.

Já a área destinada para a imprensa será murada com concreto na base estrutural e cercada por vidro temperado na parte superior. Conforme o mandatário bicolor, o novo espaço destinado aos profissionais de imprensa, ficará situado embaixo dos camarotes com uma visão mais próxima ao gramado de jogo do estádio da Curuzu.

“O acesso da imprensa continuará pelo mesmo corredor que leva às escadas, mas apenas um andar abaixo dos camarotes. Vamos oferecer todas as condições necessárias para que os veículos possam desenvolver seus trabalhos com qualidade e de forma segura”, finalizou o presidente bicolor.



Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS