Diário Online
Esporte / Esporte Pará
"ENTREGA FANTÁSTICA"

Confusão, gol e esforço: Mister se anima com o Castanhal

Mesmo com a desclassificação, Robson Melo gostou do que viu contra o Vitória-BA; após o término do jogo, jogadores e membros da comissão técnica partiram para cima do árbitro.

sexta-feira, 04/03/2022, 10:59 - Atualizado em 04/03/2022, 11:13 - Autor: Lucas Contente

Google News

Técnico do Japiim gostou do que viu na última quinta-feira (3)
Técnico do Japiim gostou do que viu na última quinta-feira (3) | Foto: Reprodução/Castanhal

Ficou no quase! Depois de conseguir jogar muito bem diante do já tradicional e superior Vitória-BA, o Castanhal acabou empatando e não conseguiu passar para a segunda fase da Copa do Brasil, que já inicia na semana que vem e terá jogos de Paysandu e Tuna. O que se viu na partida, foi um time totalmente diferente do que está disputando o Parazão. Ao final do jogo, porém, houve confusão e cobranças ao árbitro do jogo. 

Os times entraram em campo pela primeira fase da Copa do Brasil na noite da última quinta-feira (4), no Estádio Banpará Curuzu, em Belém. 

 

Japiim até abriu o placar, porém, tomou o empate
Japiim até abriu o placar, porém, tomou o empate | Foto: Fernando Torres
  

Mesmo com a desclassificação dolorosa diante dos baianos, o técnico da equipe Robson Melo destacou a entrega de seus comandados, que conseguiram, em um jogo, fazer aquilo que não estavam conseguindo durante todo o estadual.

"Foi uma entrega fantástica, meu time guerreou o jogo todo. Tivemos um equilíbrio tático muito grande, fico feliz pelo empenho. Saio daqui muito fortalecido com esse grupo. Sabemos que, pelo que construímos durante o jogo, poderíamos ter tido um aproveitamento melhor no último terço. Mas o processo é gradativo", disse.

+ LEIA TAMBÉM: Castanhal recebe o Vitória de olho nos R$ 750 mil da CB

Com 10 pontos conquistados, o Japiim da Estrada é o último colocado do Grupo C do Parazão, com 10 pontos, pontuação ainda maior que a de todos os times do Grupo B, que tem o Tapajós como líder.

AGRESSÃO E OFENSAS

Ao final da partida contra o Vitória, após um lance polêmico em que um jogador aurinegro caiu dentro da pequena área, foi o suficiente para que, quando o soou o apito final, membros da comissão técnico do time partissem em direção ao árbitro da partida, Salim Fende Chavez.

De acordo com o profissional, jogadores e membros da comissão técnica dispararam contra ele frases ofensivas como palavrões e ameaças. Um deles, em especial, o auxiliar técnico Luiz Augusto de Jesus Muniz, foi o mais acalorado e teve que ser contido pelo policiamento presente no local. O funcionário recebeu cartão vermelho.

 

Súmula
Súmula | Foto: Reprodução
  

Além de Luiz, os jogadores Josa e Dedé também foram para cima do árbitro, e tiveram que ser contidos pela polícia. O último, inclusive, chegou a dar um chute no juiz da partida.

 

Súmula
Súmula | Foto: Reprodução
 

PRÓXIMO COMPROMISSO

O Japiim enfrenta o Paysandu no próximo domingo (6), às 15:30, no Estádio Modelão, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paraense. Caso queira continuar sonhando com a classificação, a equipe comandada por Robson Melo terá de ganhar o Lobo. 

COBERTURA

A cobertura completa e em tempo real da partida, você acompanha aqui no DOL!


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS