Diário Online
Esporte / Esporte Pará
BOA FASE NO PAYSANDU

Dioguinho se reafirma após saída conturbada do Remo

Com o Paysandu encaminhado no Campeonato Paraense e Copa do Brasil, Dioguinho surfa na boa fase com gols e assistência.

sábado, 05/03/2022, 10:30 - Atualizado em 05/03/2022, 10:29 - Autor: Tylon Maués/Diário do Pará

Google News

Dioguinho diz estar focado em seguir boa campanha no clube bicolor.
Dioguinho diz estar focado em seguir boa campanha no clube bicolor. | Jorgue Luiz Totti/PSC

Alguns jogadores podem comemorar esse início de temporada na Curuzu. Na verdade, quase todos, já que a equipe vem fazendo bonito em campo, dentro do que é exigido. Mas, para o meia-atacante paraense Dioguinho, esses dias têm sido de reafirmação profissional. Demitido do Clube do Remo por causa do comportamento errático fora de campo, ele ganhou uma chance no clube bicolor por indicação do coordenador de futebol Ricardo Lecheva. A aposta tem se mostrado acertada e, até aqui, foram quatro gols e duas assistências com a camisa do Papão.

“Fico feliz em ajudar o Paysandu com gols e assistências. Eu ganho com isso, mas principalmente o time. Realmente não esperava um começo ótimo e tão rápido. Mas, o elenco todo está numa crescente e o Paysandu cresce com a gente”, comentou Dioguinho, que até brincou com o fato de, mesmo com 1m70, ter marcado de cabeça três dos quatro gols que fez em 2022. “Isso é trabalho, boa colocação. Quando entro em campo é com foco em poder ajudar e tentar gols”.

Artilheiro Dioguinho festeja bom início de ano no Paysandu

Sobre o bom desempenho, ele fala que o time todo tem conseguido fazer o que é orientado pelo técnico Márcio Fernandes. Dioguinho garante que todos na Curuzu têm se mostrado conscientes do que devem fazer e da missão do Paysandu nesta temporada. “Com certeza o trabalho vem sendo bem feito. Quem está aqui, ajuda em todos os sentidos. Nós, jogadores, procuramos melhorar a cada dia, sempre escutando o que o professor orienta. Eu acho que estamos no caminho certo”.

Essa confiança passa pela postura do técnico do Papão. Segundo Dioguinho, o fato de Márcio Fernandes olhar a todos por igual, fazendo o elenco rodar é algo que vem motivando a todos, não só nos jogos como nos treinos do dia a dia. “O professor não olha apenas 11 jogadores e sim o elenco todo. Quem entrar, sempre vai dar o máximo e dar conta do recado. É importante para o time que o elenco todo esteja querendo mostrar serviço e com o mesmo pensamento”.

Pingo diz que Águia fará "jogo da vida" ao enfrentar o Remo

Papão encerra preparação 

O Paysandu encerra hoje de manhã a preparação para a partida contra o Castanhal, marcada para amanhã à tarde no estádio Maximino Porpino. O Papão já está classificado para a segunda fase do Campeonato Paraense e apenas cumprirá tabela, ao passo que o Japiim ainda luta pela classificação.

O time não terá o zagueiro Marcão e o volante Mikael, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O técnico Márcio Fernandes não confirmou se mandará ao Município Modelo uma formação alternativa ou a considerada titular.

Entre os jogadores, o discurso é de seriedade total, embora o time também já tenha garantida a liderança geral da fase, sem poder ser alcançado por mais ninguém. “Acima de tudo seriedade e respeito. Vamos em busca da vitória. Queremos alcançar nossos objetivos e para isso sempre jogando no máximo”, confirmou o meia-atacante Dioguinho. “Está todo mundo com um pensamento só para buscarmos nossos objetivos. Vai ser um jogo bem disputado. Vi uma parte da partida com o Vitória e o Castanhal se mostrou muito bem organizado, com bom toque de bola e com um jogo ofensivo. Nós temos que anular os pontos fortes deles”, completou o volante Bileu.

Mikael foi escolhido por meio de votação no Twitter da competição

A boa atuação e a autoria do segundo gol do Paysandu na vitória sobre o Trem-AP por 3 a 0, na noite da última quarta-feira, resultado que garantiu a classificação do Paysandu para a segunda fase da competição nacional, valeu ao volante Mikael a presença na seleção da primeira fase da Copa do Brasil 2022. O atleta foi escolhido por meio de votação divulgada no perfil oficial do torneio no Twitter.

O volante comemorou a lembrança e dividiu a indicação com os companheiros. “Primeiramente, eu quero agradecer a Deus pelo reconhecimento do meu trabalho. Agradecer também ao grupo de jogadores que me abraçaram desde quando cheguei ao Paysandu e à comissão técnica por acreditar no meu trabalho”, disse. “Isso é fruto de um trabalho feito junto com os meus companheiros, pois se não fossem eles, eu não estaria nessa seleção. E acho que qualquer um deles poderia estar lá”, completou o jogador.

Na segunda fase da Copa do Brasil, o Paysandu vai enfrentar o CSA-AL, em partida única, que será disputada no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Ontem, a Confederação Brasileira de Futebol divulgou parte da tabela da segunda fase, ainda sem os jogos dos times paraenses. Ficou definido apenas que o jogo do Papão, assim como o da Tuna Luso, será entre os dias 15 e 17 deste mês. O horário e a data ainda serão confirmados. Quem vencer se classifica direto; caso haja empate no tempo normal, a vaga será decidida nos pênaltis.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS