Diário Online
Esporte / Esporte Pará
EXCLUSIVO

Paysandu afasta chefe de segurança acusado de agredir mulher

A agressão foi registrada na final do Parazão e envolveu a coordenadora do Clube do Remo, Valeny Silva.

segunda-feira, 02/05/2022, 18:48 - Atualizado em 02/05/2022, 23:44 - Autor: DOL

Google News

Caso ganhou repercussão na web e teve um novo capítulo
Caso ganhou repercussão na web e teve um novo capítulo | Reprodução / Youtube

O caso de agressão a uma coordenadora no futebol paraense envolvendo Paysandu e Clube Remo teve um novo capítulo, quase um mês após a final do Campeonato Paraense.

O coordenador de Segurança do Paysandu Sport Club, Luciano Mendes, foi afastado das funções do clube bicolor. A informação foi apurada com exclusividade pelo DOL, nesta segunda-feira (2).

O DOL apurou que o funcionário não acompanhou a delegação do Paysandu durante a estadia em Paragominas, no último fim de semana, por ocasião do jogo contra o Ypiranga-RS, pelo Campeonato Brasileiro da Série C. 

Luciano foi afastado de suas funções por 30 dias depois do episódio em que foi acusado de agredir a conselheira e coordenadora do Clube do Remo, Valeny Silva após o jogo entre Paysandu X Remo, no último dia 6 de abril, por ocasião da decisão do Parazão 2022, no estádio da Curuzu.

Valeny registrou boletim de ocorrência e prestou esclarecimentos a polícia sobre o assunto. Luciano negou a agressão em entrevista a uma emissora de tv e o caso segue em investigação pela justiça.

O Clube do Remo emitiu nota lamentando o caso e cobrando providências, assim como internautas e torcedoras cobrando ações em cima do acusado.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS