Diário Online
Esporte / Esporte Pará
CALDEIRÃO AVICELESTE

Imbatível em casa: Fernandes fala da força da Fiel na Curuzu

Papão conquistou a nona vitória em 10 jogos na Curuzu nesta temporada de 2022 e segue invicto; Treinador falou sobre as condições físicas do atacante Danrlei e do jogo defensivo do Manaus

segunda-feira, 30/05/2022, 23:29 - Atualizado em 30/05/2022, 23:36 - Autor: Kaio Rodrigues

Google News

Fernandes explicou as dificuldades encontradas no jogo defensivo do Manaus
Fernandes explicou as dificuldades encontradas no jogo defensivo do Manaus | Lays Santos/DOL

O Paysandu conquistou uma importante vitória ao bater o Manaus pelo placar de 2 a 0, na Curuzu, em Belém, na noite desta segunda-feira (30), em jogo válido pela oitava rodada da Série C do Brasileiro. O Papão chegou à quarta colocação com 15 pontos e segue firme e forte na zona de classificação à próxima fase. O técnico Márcio Fernandes comentou sobre a nova vitória.

"Temos que substituir, mudar um sistema mediante a um jogo. Hoje, o Manaus estava com sete jogadores atrás da linha da bola. Então, estava difícil da gente entrar na zaga deles. Liberamos nosso volante para jogar e não adiantou com a característica de marcação que ele tem. Mudamos e colocamos jogadores que possuem um passe melhor. O posicionamento do Pipico estava encarando uma marcação de três zagueiros e ele precisava estar entre eles. Acertamos no vestiário e voltamos melhor. Conseguimos uma vitória difícil contra a melhor defesa. Uma equipe que tinha sofrido apenas três gols no campeonato e hoje sofreu dois. Tivemos a tranquilidade e achamos os espaços", destacou.

O desempenho do Paysandu como mandante é muito bom. Foram 12 jogos, 10 vitórias e dois empates. Quando olhamos para as partidas na Curuzu, o Papão melhora ainda mais o desempenho. São 10 confrontos e nove vitórias, o que traz o torcedor para o lado do clube e faz do Vovô da Cidade um verdadeiro caldeirão, onde as equipes tremem.

"Quando chegamos, procuramos embutir é que em casa tínhamos que mandar no jogo. Tínhamos que ser dono da casa. Ano passado o Paysandu perdeu muitos jogos e perdeu também a confiança do torcedor. Hoje, é diferente. São 10 jogos e nove vitórias, mais um empate. Em casa, junto com nossa torcida, nosso time é forte. Os times sente. Aqui não é fácil encarar o Paysandu. A probabilidade de conseguirmos a vitória é grande e o torcedor vem para cá com essa confiança. Isso faz com que as coisas aconteçam ao nosso favor", enfatizou.

Um dos questionamentos que o torcedor do Paysandu vem se fazendo é do motivo do atacante Danrlei não ser titular da equipe. Márcio explicou que ele não se encontra nas condições físicas ideais e que jogou mais do que o planejado nesta partida contra o Manaus. Ele também comentou sobre Pipico e pediu a confiança da torcida.

"Vou deixar claro que não é que não temos vontade de colocar o Danrlei. Ele não estava com condições de 35 minutos. Falei para ele, que achou demais. Não tinha como voltar. A torcida pediu. Nos minutos finais ele estava bem desgastado. O Pipico vem vindo bem. Tem que ter um pouco de paciência. Sempre foi artilheiro por onde passou. Quem ganha com essa disputa é o Paysandu", comentou.

Danrlei marcou de pênalti aos 17 minutos do segundo tempo
Danrlei marcou de pênalti aos 17 minutos do segundo tempo | (Foto: Fernando Torres)
  

Próximo compromisso contra o Ferroviário:

"O tempo de preparação é quase nenhum. Temos que recuperar os jogadores. Vamos fazer alguns trabalhos de posicionamento. O departamento médico vai avaliar o Igor Cavarlho e o Serginho que saíram sentindo. Se eles tiverem condições, estaremos com 100% de força do nosso elenco", finalizou.


Veja o gol do atacante Danrlei:


Veja o gol do meia José Aldo:


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS