Diário Online
Esporte / Esporte Pará
"COBRANÇA INJUSTA"

Bonamigo aponta principal causa da demissão no Remo

O treinador revelou os motivos da sua saída do comando azulino.

quarta-feira, 22/06/2022, 11:03 - Atualizado em 22/06/2022, 14:03 - Autor: Lucas Contente

Google News

O treinador colocou a derrota para o Cruzeiro na Copa do Brasil, como principal causa de sua demissão.
O treinador colocou a derrota para o Cruzeiro na Copa do Brasil, como principal causa de sua demissão. | Fernando Torres/Divulgação

A terceira passagem de Paulo Bonamigo pelo Clube do Remo não deve deixar saudades para a torcida. Após grande irregularidade desde o início do Campeonato Paraense, o experiente treinador foi demitido - mesmo antes de saber - logo após a derrota do Leão para o Altos-PI, dentro do Baenão lotado. 

De acordo com Bonamigo, agora ex-técnico azulino, a eliminação para o Cruzeiro na Copa do Brasil há um mês, gerou um desgaste muito grande nele e em sua comissão técnica. O revés na Série C, para o time piauiense, foi só um estopim.

"Essa eliminação nossa lá (Belo Horizonte), onde o Brasil todo elogiou a nossa postura, pois o time fez uma disputa muito leal, muito justa e muito equilibrada, fomos eliminados nos pênaltis, e chegamos em Belém absurdamente criticados pela nossa postura. Se tínhamos uma vantagem dentro do jogo, então tínhamos que pensar com uma ideia de jogo mais equilibrado no setor defensivo. Não que abriria mão da equipe atacar, mas a gente tinha que administrar essa vantagem adquirida dentro do Baenão. E isso foi muito mal visto, então fomos muito cobrados, e gerou realmente uma instabilidade dentro do nosso ambiente. Esse com certeza foi um dos motivos da minha saída, que culminou com esse último jogo", revelou ele. 

LEIA TAMBÉM:

Vídeo: Clube do Remo perde e Bonamigo é demitido no Baenão

Torcida invade treino do Remo e pressiona Bentes e Bonamigo

Torcedores cobram saída de Bonamigo e nova postura do Remo

Bonamigo afirmou ainda que viu como injustas as cobranças feitas após a eliminação na Copa do Brasil. "O que fomos cobrados aqui após a derrota para o Cruzeiro, no meu ponto de vista, foi de uma forma injusta porque fizemos dois jogos diante do Cruzeiro com muita dignidade. O Cruzeiro não é a mesma equipe do ano passado e na minha opinião, o Cruzeiro ao lado do Palmeiras são as equipes que mais estão jogando no Brasil, independente de ser Série A ou B", opina.

Um dia após a demissão de Bonamigo, o Leão anunciou Gerson Gusmão como novo treinador. O profissional veio do Botafogo-PB, onde estava há duas temporadas. 

E MAIS - GOLS DE GUSTAVO SCARPA PELO PALMEIRAS EM 2022


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS