Diário Online
Esporte / Esporte Pará
CASO LEANDRO CARVALHO

Clube do Remo ganha do Paysandu no tapetão. Entenda

Papão entrou na Justiça contra o rival por usar atacante Leandro Carvalho no clássico

quinta-feira, 28/07/2022, 19:32 - Atualizado em 28/07/2022, 19:57 - Autor: DOL

Google News

A denúncia do Paysandu sobre irregularidade remista acabou arquivada
A denúncia do Paysandu sobre irregularidade remista acabou arquivada | Irene Almeida / Diário do Pará

A rivalidade entre Remo e Paysandu está em campo e também nos bastidores. Desta vez, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) decidiu se meter em um caso de irregularidade.

O Papão entrou com pedido contra o maior rival no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para ter os pontos disputados no clássico Re-Pa, no dia 3 de julho pela Série C do Brasileirão, por conta de uma possível irregularidade do atacante Leandro Carvalho. Entretanto, a instituição decidiu arquivar o caso.

A diretoria do clube bicolor entrou com pedido alegando que a transferência envolvendo o jogador para o clube remista teria ocorrido de forma irregular, uma vez que o jogador estava no Náutico-PE com vínculo ao Ceará-CE. O Papão se utilizou do artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva “ Incluir na equipe ou fazer constar na súmula, atleta em situação irregular para participar de partida”.

O Paysandu alega que a transferência ocorreu fora da janela nacional de transferências dos clubes brasileiros, o que levou o clube bicolor entrar com pedido no STJD para ter direito aos pontos do jogo disputado no Baenão.

Através de um documento, o STJD recebeu a notícia de infração e expôs exemplos semelhantes ao caso de Leandro Carvalho e destacando que o clube remista notificou a CBF sobre o contrato do atleta, que teve validade e parecer favorável, o que tornou apto o jogador para entrar em campo no clássico depois de ter seu nome divulgado no Boletim Informativo Diário (BID), no dia 29 de junho, o que tornaria apto para atuar em campo a partir do dia seguinte.

Galeria: Veja imagens do Re-Pa da Série C no Baenão

Como resposta, a CBF decidiu arquivar o processo movido pelo Paysandu Sport Club contra o Clube do Remo, envolvendo o jogador Leandro Carvalho, que por ironia do destino estreou contra o clube que o revelou para o futebol.

O caso é apenas mais uma envolvendo provocações entre dirigentes das duas equipes, que emitiram notas sobre condições dos estádios e até caso de agressão a uma mulher na decisão do Campeonato Paraense, em abril.

Neste fim de semana, os rivais entram em campo pela Terceirona: O Paysandu vai a Campina Grande enfrentar o Campinense-PB, enquanto que o Remo recebe o Ferroviário-CE, no Baenão.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS