plus
plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Edição do Dia
Previsão do Tempo 29°
cotação atual R$


home
NA BRONCA

Clube do Remo detona arbitragem e cobra FPF sobre VAR

Clube irá tomar providências contra os árbitros Braulio Machado e Djonaltan Costa após o Re-Pa

twitter Google News
Imagem ilustrativa da notícia Clube do Remo detona arbitragem e cobra FPF sobre VAR camera Remo fez duras cobranças e críticas a FPF sobre o VAR | Samara Miranda / Remo

O lado perdedor de um clássico questiona vários pontos e um deles acaba sobrando para a arbitragem de um jogo grande. Sobre isso, o Clube do Remo emitiu posicionamento sobre a arbitragem do clássico contra o Paysandu.

Após o Re-Pa do último domingo (7), pela primeira partida da final do Parazão 2024, o clube azulino se pronunciou sobre a partida e criticou a arbitragem do clássico, nesta segunda-feira (8).

O clube azulino informou que solicitou VAR da FIFA para o clássico, porém o pedido foi negado pela Federação Paraense de Futebol (FPF), que escalou Djonaltan Costa Araújo, o que o clube diz que os árbitros locais tem histórico de prejudicar o clube.

CONTEÚDO RELACIONADO

O Remo ainda cobrou da FPF os áudios do VAR na íntegra dos lances do clássico, mas de acordo com a diretoria, o pedido não foi entregue.

Quer saber mais de esporte? Acesse o canal do DOL no Whatsapp

A diretoria informa ainda que fará uma manifestação na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra Djonaltan Costa Araújo e Braulio da Silva Machado.

O DOL entrou em contato com a FPF e até o momento não obteve retorno

VEJA A NOTA NA ÍNTEGRA

O Clube do Remo vem comunicar as circunstâncias e providências que tomou e está tomando no que se refere a arbitragem do último clássico, válido pelo primeiro jogo do Campeonato Paraense.

Primeiramente, considerando os últimos episódios envolvendo o árbitro Djonaltan Costa de Araújo, o Clube do Remo, através de seu departamento jurídico manifestou sua discordância com a escalação do mesmo para comandar o VAR.

Nenhuma medida foi tomada pela Federação Paraense de Futebol (FPF), que, apesar da solicitação de arbitragem FIFA, escalou árbitros locais para o VAR, com histórico de prejudicarem o Clube do Remo.

Após a desastrosa arbitragem, ainda no domingo (7), a diretoria do Remo solicitou a integralidade dos áudios e vídeos do VAR, para fundamentar as providências que serão tomadas no âmbito disciplinar e jurídico. Todavia, até o momento nada foi entregue ao Clube.

Informamos que todas as medidas cabíveis estão sendo tomadas, onde apresentaremos representação perante a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Federação Paraense de Futebol (FPF), contra o árbitro Braulio da Silva Machado e o sr. Djonaltan Costa de Araújo.

E MAIS

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

    Mais em Esporte Pará

    Leia mais notícias de Esporte Pará. Clique aqui!

    Últimas Notícias