Diário Online
Notícias / AgroPará
AGROPARÁ

Pará produz 380 mil toneladas de banana

O fruto, nutritivo e saboroso, tem grande importância econômica na região norte, tendo no estado uma grande variedade plantadas em todas as regiões do estado

segunda-feira, 12/04/2021, 07:00 - Atualizado em 05/04/2021, 15:19 - Autor: Diário do Pará


Imagem ilustrativa da notícia: Pará produz 380 mil toneladas de banana
| Divulgação

Nutritiva, saborosa e de fácil aceitação no mercado. A banana é um símbolo de país tropical, considerada uma “fruta nacional” no Brasil, por estar presente em todas as regiões, em variedades que agradam a todos os paladares. Nesse cenário, o Pará se destaca como o oitavo produtor de banana do País, com 33.662 hectares de área plantada e uma produção de 381.248 toneladas ao ano, apontam os dados da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), que acompanha essa produtividade.

A rentabilidade da banana é atestada pelo produtor rural Raimundo da Silva Santos, técnico em Agropecuária, que cultiva a fruta no município de Marabá, na região Sudeste. Segundo ele, o plantio é um negócio rentável e que vem crescendo nos últimos anos, com grande procura de fornecedores do mercado externo. No mercado interno, ele vende para os municípios de Belém, Tucuruí, Marabá e Redenção, e fora do Estado abastece o mercado de Imperatriz. “Trabalhamos com as bananas maçã e comprida. Com a procura crescente do mercado externo pela banana maçã, hoje possuo 40 hectares e já estou em processo de cadastramento de novos hectares na Adepará”, acrescenta.

A produção de banana está relacionada ao cultivo de cacau, motivo de a região de influência da Rodovia Transamazônica (BR-230) ser a principal produtora em território paraense dos dois frutos. A bananeira – classificada como produção secundária - faz o sombreamento para o cacaueiro, a cultura principal. Municípios como Medicilândia e Altamira, situados ao longo da Transamazônica, importantes na cultura do cacau, também ganham destaque na produção de banana. Atualmente, 38,27% da produção paraense de banana são provenientes de municípios da área da Transamazônica, que integram a Região de Integração Xingu. As principais variedades produzidas no Pará são: banana Prata (90% da população de Belém consome essa variedade); Mysore, Nanica, Comprida, Conquista, Branca (maçã) e Inajá. Entre os municípios que mais comercializaram banana na Ceasa (Central de Abastecimento do Pará), em 2019, estão Santo Antônio do Tauá, Santa Izabel do Pará, Castanhal e São Domingos do Capim, nas regiões Metropolitana de Belém e Nordeste.

“A cultura da banana tem grande importância social e econômica na Região Norte, pois é uma fruta bastante consumida, fazendo parte da alimentação diária da maioria da população. É uma fruta com alto teor nutricional, de fácil acesso, sendo cultivada por grandes, pequenos e médios produtores, proveniente da agricultura familiar. Assim, representa um forte complemento de renda para pequenos agricultores”, ressalta a engenheira agrônoma Clara Angélica Brandão, responsável técnica do Programa Fitossanitário da Bananeira e Helicônia/Gerência e Pragas Quarentenárias, da Adepará.

Entre os benefícios da banana para a saúde estão a promoção de saciedade, devido ao teor de fibras; auxílio no controle da pressão arterial; diminuição de cãibras, e tem triptofano, aminoácido que auxilia a produção do neurotransmissor serotonina, promovendo a sensação de bem-estar.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS