Notícias / Notícias Brasil
ATENÇÃO!

INSS alerta sobre tentativas de golpe envolvendo revisões

Segundo o alerta, os dados pessoais das vítimas são o primeiro alvo dos criminosos

segunda-feira, 12/07/2021, 07:46 - Atualizado em 12/07/2021, 07:46 - Autor: Diário do Pará


Golpistas costumam abordar beneficiários para tentar obter dados pessoais
Golpistas costumam abordar beneficiários para tentar obter dados pessoais | Octavio Cardoso

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) emitiu um alerta informando que golpistas estão se aproveitando das revisões que o órgão realiza em alguns benefícios para tentar obter dados pessoais dos beneficiários. Segundo o INSS, as abordagens podem ocorrer por carta, e-mail, telefonema ou mensagem de celular.

Para evitar cair nesse tipo de golpe, o Instituto recomenda que os beneficiários mantenham sempre atualizados os seus dados de contato, como telefone, e-mail e endereço. Isso deve ser feito pelo Meu INSS ou pelo telefone 135. Além disso, recomenda que caso alguém faça qualquer comunicação pedindo dados ou fotos em nome do INSS, não atenda a solicitação, desligue a ligação e bloqueie o contato. O INSS informa que nunca entra em contato direto com a pessoa para solicitar dados, nem pede o envio de fotos de documentos, e que o número do SMS usado pelo INSS para informar os cidadãos é 280-41.

“O INSS nunca manda links nem pede documentos pelo SMS. Sempre que o INSS convoca o cidadão para apresentar documentos, essa convocação fica registrada no Meu INSS e pode ser verificada também pelo telefone 135”, informa.

Aumenta desligamento por morte de trabalhadores registrados 

Em caso de tentativa de golpe, o beneficiário deve denunciar à Ouvidoria pela internet, em https://falabr.cgu.gov.br/, ou pelo telefone 135. Caso tenha sofrido um golpe, o indicado é registrar um Boletim de Ocorrência e comunique aos órgãos envolvidos (por exemplo, o próprio INSS e o banco em que recebe o benefício, se for o caso).

AS REVISÕES

Revisão administrativa

O INSS está notificando os beneficiários apenas por carta enviada para o endereço cadastrado nos sistemas. Se a pessoa não for localizada, a notificação ocorre através do Diário Oficial da União.

Revisão de auxílio por incapacidade temporária

A revisão vai começar em agosto. As convocações poderão chegar por carta, notificação do banco pagador, e-mail ou publicação no Diário Oficial da União.

BPC

O órgão analisa se a pessoa que recebe o Benefício de Prestação Continuada possui outras fontes de renda que a tornem inelegível ao benefício.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS