Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
CERIMÔNIA

Brasil terá só três atletas na abertura das Olimpíadas 

A restrição é para evitar o risco de contaminação pelo coronavírus.

quinta-feira, 22/07/2021, 11:17 - Atualizado em 22/07/2021, 11:17 - Autor: FOLHAPRESS


A judoca Ketleyn Quadros e o jogador de vôlei Bruninho serão os porta-bandeiras da delegação.
A judoca Ketleyn Quadros e o jogador de vôlei Bruninho serão os porta-bandeiras da delegação. | Divulgação/Time Brasil

A cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos é o evento mais aguardado para os telespectadores de todo o mundo, que pode aguardar pelo atletas representantes de cada país.

Nestas olimpíadas, o Brasil terá apenas três representantes na cerimônia de abertura da Olimpíada, nesta sexta-feira (23), às 8h (de Brasília), no Estádio Olímpico de Tóquio.

Estarão presentes o chefe da missão Marco La Porta, vice-presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), e a judoca Ketleyn Quadros e o jogador de vôlei Bruninho, porta-bandeiras da delegação.

Leia também:

Covid faz 3 atletas voltarem do Japão. Agora são 87 casos

Piloto do Leão faz sua estreia no Velocitta

Nem mesmo o presidente do comitê, Paulo Wanderley, irá ao estádio. O COB entende que a restrição é necessária para evitar o risco de contaminação pelo coronavírus.

Ainda por causa da pandemia de Covid-19, não haverá presença de público e o estádio será aberto somente para convidados. Há uma estimativa de que a cerimônia reunirá até mil pessoas.

Ketleyn obteve a medalha de bronze nos Jogos de Pequim-2008, e o levantador Bruninho tem uma medalha de ouro (Rio-2016) e duas de prata (Londres-2012 e Pequim-2008).

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS